quinta-feira, 24 de novembro de 2016

LIVROS || Fantastic Beasts and Where To Find Them - The Original Screenplay


2016 está a ser um ano incrível para fãs de Harry Potter e eu sem dúvida que me enquadro neste grupo de excitação. Jamais pensei eu que viria a escrever neste blogue sobre Harry Potter e também jamais sonharia que iria falar sobre uma prequel!!! 

Sim, leram bem o separador do título, hoje venho falar-vos do livro dos Monstros Fantásticos e não sobre o filme que já está a ser um êxito de bilheteira e que ainda não tive oportunidade de ver - mas quero muito! -. E não, também não venho falar sobre o livro Monstros Fantásticos. Confusos? Hoje venho mostrar-vos o livro do filme. O guião original do filme Monstros Fantásticos.

Achei muito curioso, durante este período recente de estreia do filme, encontrar tantas pessoas iludidas (num sentido inocente, claro) de que o filme é uma transformação do livro Monstros Fantásticos para o grande ecrã. Mas a verdade é que a história do filme não existe em nenhum livro. O livro Monstros Fantásticos e Onde Encontrá-los é apenas uma espécie de enciclopédia sobre todas as criaturas que vêem no filme (e outras mais) com as respectivas descrições. Não fala sobre toda a trama existente no filme.

Isto, para uma leitora ávida como sou, é um pouco difícil de digerir. Até que me ofereceram este guião (eu vou doravante chamar o livro que vos estou a apresentar de guião para que compreendam de imediato do que estou a falar, senão vai ficar muito confuso). E este não é um guião qualquer; é um guião inteiramente escrito por J. K. Rowling. Era um facto já conhecido - e o que tornou a minha vontade de ver o filme 300 vezes maior - mas a possibilidade de ter fisicamente, em livro, toda a história escrita por J. K. Rowling, com o detalhe dos cenários e as falas por escrito tornou a experiência muito mais agradável.

Esta é a minha proposta; uma vez que este guião é completamente fiel ao filme - especialmente na história - eu vou guardar a minha opinião sobre a história em si para quando fizer a review do filme (acho que faz sentido). Para esta publicação quero falar-vos da edição do guião e de mais uns quantos pormenores interessantes.

Em primeiro lugar, não há como não amar edições estrangeiras. Sou uma fã assumida por livros de capa dura e por edições bonitas e cuidadas e este livro vai inteiramente ao encontro do que adoro. A jacket é preciosa, as letras em alto-relevo brilham à mínima luminosidade e a textura é quase que aveludada. E a capa do livro não fica atrás. Para quem tem Harry Potter and The Cursed Child na edição britânica, vai delirar: as capas são semelhantes! A mesma textura, a mesma cor azul escura e, em vez do símbolo dourado com o ninho e as asas, neste guião vão encontrar uma das criaturas fantásticas com uns incríveis pozinhos de magia. Mas acalmem os corações porque não ficamos por aqui! Toda a história decorre no ano de 1920 e, uma vez que é um livro que envolve inúmeras criaturas mágicas, existem ilustrações no interior do guião com a representação dos monstros mas com um design inspirado nos traços típicos dos loucos anos 20!!! Art Deco em monstros mágicos! Quem for um verdadeiro fã de edições de livros bonitas e de Harry Potter estará agora a pedir uma bomba de oxigénio e eu compreendo inteiramente. Não sei se este guião será alguma vez traduzido para português mas uma vez que as edições nacionais perdem sempre um pouco a edição no que toca a tornar as capas em papel e outros detalhes, como aconteceu em Cursed Child, eu diria que a experiência é muito mais bela numa cópia estrangeira. 



Mas não fico por aqui na referência a Cursed Child. Convido-vos a recordarem-se da minha publicação sobre este livro, em que eu escrevi que o mesmo não podia ter sido inteiramente escrito por J. K. Rowling por certas incongruências e determinados detalhes que não faziam sentido. Posteriormente informei-me e, de facto, Cursed Child foi significativamente escrito pelos outros dois autores com o aval de J. K. Rowling. Esta informação faz todo o sentido porque tenho agora dois guiões, um escrito inteiramente por Rowling e outro não e as diferenças são cabais. Claro, um guião para uma peça de teatro não é o mesmo que para um filme, mas não é a isso que me refiro.

Uma vez mais, quando peguei neste guião dos Monstros, mentalizei-me de que iria ler um guião e não um livro com a narrativa mais comum. Mas não foi preciso. Nós conhecemos (e adoramos) Rowling por ser descritiva - como também já tinha referido em Cursed Child - e este é o seu traço. Independentemente de determinados tipos de texto terem de obedecer a certas regras - como é o caso de um guião - é o nosso traço que se adapta às regras. E este guião está repleto de descrições incríveis! Não são apenas falas desconexas, em que não conseguimos compreender a natureza de determinadas afirmações ou acusações. Nós conseguimos acompanhar todos os sentimentos e pensamentos dos personagens no detalhe a que Rowling nos habituou. Claro, é um guião. Não vão ter parágrafos infinitos. Mas as descrições, as expressões e os pensamentos são privilegiados em relação às falas. E esta é a imagem de marca de J. K. Rowling! E quem leu Cursed Child jamais poderá dizer que isto se verifica, para minha grande infelicidade.

Para que compreendam melhor o que quero explicar, têm aqui a comparação das estruturas do guião de Cursed Child e dos Monstros Fantásticos. Esforcei-me para escolher uma página sem spoiler, mas é uma tarefa difícil portanto, se tiverem muuuuito medo, observem apenas a estrutura no seu geral (ou façam um scroll muito rápido):


Sem fazer referências à história, como combinado, só tenho a dizer que este é um verdadeiro livro para fãs, que nos reconforta, que nos faz matar saudades de Rowling. Quero muito ver o filme e avaliar o quanto compensa adquirir as duas coisas, mas acho sempre os parágrafos de Rowling tão mágicos e familiares que só podia recomendar-vos. E a recomendação vem com a avaliação da história incluída. Espero que encontrem este monstro!

Autora: J. K. Rowling
Número de Páginas: 293

Fotografias da minha autoria, por favor, não as utilizar sem autorização prévia

11 comentários:

  1. OMG eu já tinha esse livro na minha wishlist de Natal mas agora depois de ver os detalhes e as fotos que tiraste e de ler esta review duvido que consiga aguentar esperar até ao Natal para o ter nas mãos! I need it *-*
    Parece estar super perfeito <3 Este post melhorou tanto o meu dia!

    Beijinhos,

    Mia

    http://buongiornoprincipessa3.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Necessito desse livro urgentemente! E de ver o filme também !!

    ResponderEliminar
  3. Ai meu deus!! QUERO!!! Eu nem fazia ideia que isto existia? E o que é aquele diálogo entre o DRaco e o HArry? Também aind anao vi o filme, nem tive tempo!
    Por onde anda a Sofia?

    ResponderEliminar
  4. Eu também me enquadro nesse grupo de excitação e não poderia estar mais feliz e agradecida, por este ano. Em relação à capa do livro, sem palavras, completamente perfeito. Tão bonito e tão delicado.

    ResponderEliminar
  5. Fiquei com uma vontade enorme de ler o livro!!

    ResponderEliminar
  6. Ainda não tive oportunidade de ver ou ter este livro na mão, mas já vi o filme e é realmente uma ternura poder rever este universo mágico com uma lufada de ar fresco e novas personagens. Como alguém que já tinha lido o livro dos Monstros Fantásticos estava curiosa e ao mesmo tempo apreensiva em saber como iriam "adaptar" uma enciclopédia ao cinema, mas o outcome está tão bonito e surpreendente! Recomendo a todos os fãs!

    ResponderEliminar
  7. Comprei-o para oferecer à minha irmã no Natal. Acho que ela vai adorar :)

    ResponderEliminar
  8. Vou ser sincera: não estava particularmente entusiasmada com o filme, porque apesar de amar do fundo do coração os livros do Harry Potter, os filmes nunca me conseguiram conquistar.

    Mas depois de ler este teu post não penso noutra coisa, mudei completamente de ideias e agora estou entusiasmadíssima e já ando a conquistar toda a gente para vir comigo :D Mil obrigadas, Inês!

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)