quinta-feira, 28 de julho de 2016

PASSAPORTE || Varadero, Cuba


Cheguei a Varadero com um péssimo e longo voo a pesar o corpo e as olheiras, já pela madrugada dentro, mas nem por isso quis deixar de correr para a praia para ver o nascer do sol. O emocionante rasgão de luz solar a despontar pelo horizonte da água num sentido ascendente, cobrindo todo o céu num maravilhoso rosa algodão doce e pintando a água azul com reflexos alaranjados. 

Varadero é o paraíso de quem, como eu, há muito precisava de um descanso merecido. A água é uma mistura de verde-água transparente e azul turquesa, a areia acinzentada e muito fina, as palmeiras altas e verdinhas e as palhotas de madeira por cima da espreguiçadeira constituem a receita ideal para um destino feito para cuidarmos de nós em todos os sentidos, desde os detalhes mais corporais como a rotina maravilhosa do protector solar e do after-sun, mergulho na água quente - e quando eu digo quente é mesmo muito, muito, muito quente -, boiar no mar salgado e parado, bronzear em cima das espreguiçadeiras enquanto bebemos uma pina colada ou uma água de côco aos detalhes mais emocionais e introspectivos com o livre arbítrio de poder decidir quais serão os pensamentos principais do meu dia, sem horários, ansiedade ou compromissos. Tanto reflectir sobre as coisas mais fúteis como divagar pelos assuntos mais importantes do meu futuro enquanto caminho a beira-mar. Sem obrigações e laços.

Na minha praia em Varadero encontrei uma paz que há muitos meses precisava e procurava. Desliguei-me quase na totalidade das redes sociais, não actualizei o e-mail mas estive mais conectada do que nunca ao mundo que me rodeava, desde a água brilhante a reluzir na pele às plantas verdejantes que adornavam o areal de uma forma selvagem, tropical e verdadeiramente inspiradora. Num clima muito quente, muito húmido mas também muito animado, fiz uma vida de resort da qual levo para casa um bronzeado nunca antes visto na minha pele, madeixas de loiro platinado no cabelo, sardas mais vivas do que nunca, uma amiga belga, muitos búzios e o coração, o corpo e a alma apaziguados. Um paraíso na Terra.










Todas as fotografias são da minha autoria, por favor, não as utilizar sem autorização prévia

10 comentários:

  1. Fiquei com imensa vontade de viajar para aí :)

    ResponderEliminar
  2. Para ser sincera, Cuba nunca foi uma das minhas viagens de sonho mas as tuas fotografias deixaram-me com taaaaaaaaanta vontade de visitar!

    ResponderEliminar
  3. Uou, a descrição que fizeste do sítio deixou-me completamente desejosa de pegar nas malas e viajar eternamente. Mereceste sem dúvida o descanso e é tão bom quando temos esses momentos longe das redes!
    Além disso, Inês, as tuas fotos levaram-me numa viagem muito muito muito bonita, obrigada!

    ResponderEliminar
  4. As tuas fotografias.. as tuas palavras...! Geniais como sempre! Espero que tenhas tido o descanso que precisavas e que tenhas aproveitado muito!!

    ResponderEliminar
  5. As fotos são lindas e amei o texto, parabéns!

    http://minimalmariana.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. As fotos estão todas fantásticas, mas a do nascer do sol é mesmo breathtaking, por isso imagino o quão mágico deve ter sido poder ver aquele magnífico espetáculo ao vivo.

    ResponderEliminar
  7. Adorei o post :) Muito originalidade* Beijinhos!

    http://oliviawolfgang.blogspot.pt/ (Mudei o blog, visita e dá a tua opinião)

    ResponderEliminar
  8. Adorei este post! Como sempre, um post com uma escrita de tal maneira brilhante, que eu pude ter uma amostra do paraíso para que tu foste e experienciar um pouco da incrível viagem que fizeste. Adorei igualmente todas as fotos que tiraste, fui sempre acompanhando-as no teu Instagram, são realmente lindas!
    Não me canso de dizer que a tua escrita é incrível, e que com esta tens a capacidade de nos transportar para os diversos sítios que descreves, fazes-nos sentir o que tu sentiste... E obrigada por este post, por me transportares por breves momentos para esse paraíso :).
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
  9. Se soubesses a paz que senti nestes minutos a ler esta publicação! Incrível como consegues SEMPRE fazer-nos viver o que viveste, de forma tão intensa! Fico tão feliz por saber que tiveste os momentos que tanto precisavas! Mereces mesmo este tipo de mimos!

    Beijinhos!
    A Vida de Lyne

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)