domingo, 20 de setembro de 2015

ISTO É TÃO INÊS || Verão 2015


Em Maio andava a pedir aos sete céus para que o Verão deste ano fosse inesquecível e bem aproveitado. A verdade é que a consciência de que o meu ano de finalista está ao virar da esquina fez com que quisesse recarregar as energias e a vontade de trabalhar com afinco proporcionada por um Verão que me preenchesse. E preces foram ouvidas!

Já há muito tempo que o meu Verão não se destina apenas a praia e Sol e noitadas que me fazem dormir até ao meio dia do dia seguinte. Quis fazer tudo o que pudesse nestes quatro meses e, para ajudar, este ano acabei mais cedo do que em todos os outros anos de Faculdade. Por isso, mesmo com praia a dez minutos de casa, não foi só de banhos que este Verão se fez sentir. Foi de aventuras, saudades, experiências, música, promessas cumpridas.

Este Verão finalmente comprei biquínis novos (última compra: 2012) e estendi-me pelo areal todas as manhãs. Nunca recusei uma manhã de praia e aproveitei sempre o mar ao máximo. O meu primeiro mergulho não foi em Santa mas foi inesquecível e com a mesma frescura a que estava habituada. Fiquei na praia depois das 20h mas poucos foram os dias em que me levantei depois das 12h. Aliás, este Verão fui uma madrugadora nata, aproveitando os dias desde bem cedo.
Fui ao Oceanário e passei a tarde de pernas à chinês, sentada no chão de alcatifa a ver os peixinhos e fui ao NOS Alive ouvir alt-J pela primeira vez, riscando assim uma das bandas mais aguardadas da minha lista a assistir. Ouvi James Bay abraçada pela pessoa que mais adoro neste mundo e juntos cantámos baixinho um para o outro as nossas músicas favoritas.

Subi a Serra até ao Palácio da Pena, que aguardei a vida inteira para ver. Cada metro que subia era uma palpitação mais forte de expectativa. Fui a Lisboa (a)provar os cantinhos de restauração e esplanadas que ficaram por visitar durante as aulas e saboreei muitos passeios junto ao Tejo com um gelado na mão e um Sol abrasador no topo. Subi montes de rochas e rochedos das praias e encolhi-me com os salpicos frescos do mar. Dei o meu primeiro mergulho de piscina numa das melhores que já visitei coberta e assisti a um concerto quase privado de violino com versões acústicas de Muse ou Sting. Fui festejar à noite sem excessos e acompanhei o pôr-do-Sol com boas leituras e com a Laika. Fiz exercício e finalmente aceitei parceiro de treino. Tomei novos pequenos-almoços, desde mesa composta com tudo o que podia imaginar a comer cereais com os pés a chapinhar na piscina a sandes rápidas para seguirmos viagem pelo caminho. Comi pringles enquanto atravessava metade de Portugal à noite no carro ao som de Dido. Fui ao Algarve nadar às 10h da noite e segui para a Serra da Estrela ao som de Foo Fighters. Visitei castelos e caminhos em florestas. Fui a museus e a jardins lindíssimos. Fiz um strike vencedor no bowling e aproveitei imensos cafés à noite para conversar, dar risadas e ouvir histórias.

Este Verão conheci pessoas incríveis e matei saudades de pessoas que já não via há anos. Estreitei laços de amizade com muitas pessoas e criei memórias bonitas de amor. Este Verão cheguei da praia e tomei bons banhos de água morna para tirar o Sal e saí a correr para o cinema com 36 nuggets escondidos na mala para comermos durante o filme. Comprei cd's, recebi cd's, li livros e aumentei a minha colecção de DVD's. Aproveitei ao máximo os momentos com a minha família e nunca disse que não a um plano, a uma saída. Este Verão provei pratos novos, comi imenso arroz de marisco e ensinei o João a dar mortais. Tive noites de madrugada deitada na cama a conversar e jantares de amigos de fazer o tempo parar. Fui a parques de diversões, bezerrei no sofá. Tive as declarações mais bonitas de amor. Tive as provas mais genuínas de amizade.

Ainda a uma semana e uns dias de as minhas aulas começarem, eu termino o meu Verão com a sensação de missão cumprida. Não parei um segundo mas adorei cada momento, desde o mais agitado dos programas ao mais sereno dos serões. As minhas preces foram ouvidas e tive umas férias em pleno com todos os planos que desejei, de baterias carregadas para o novo ano (exigente) que aí vem e já com um sabor a saudade. Este foi um dos melhores Verões da minha vida. Obrigada a quem fez parte dele.

8 comentários:

  1. Parece ter sido excelente e nenhuma sensação é melhor que a de missão cumprida! Muito bom regresso à faculdade, Inês!

    ResponderEliminar
  2. Este post deixa-me super feliz, parece que tiveste mesmo um Verão em cheio e isso não tem preço :) As fotos que foste publicando no instagram eram todas lindas e eu só pensava "mas esta miúda passa a vida em sítios giros?!"

    ResponderEliminar
  3. Adorei ler esta publicação! Notou-se em todas as fotografias do instagram que estavas a amar cada momento do teu verão. Foi até contagiante. Para o ano há mais, Inês! :)

    ResponderEliminar
  4. É assim mesmo, aproveitar ao máximo e recarregar baterias para o que vem aí!

    ResponderEliminar
  5. O meu verão foi super diferente em relação aos anteriores mas não tão marcante como o teu. Boa sorte com os teus estudos!!

    ResponderEliminar
  6. Que verão maravilhoso!! E toda a força para este último ano, correrá tão bem ou melhor como todos os outros :)
    Já agora, tenho uma sugestão para uma publicação, se achares conveniente... Que tal um post sobre a praxe? Adorava ler a tua perspetiva e experiência, como é a tua praxe e porque achaste útil ou porque aguentaste até ao fim ou até agora :)
    Mariana

    ResponderEliminar
  7. Mariana, podes encontrar imensos posts sobre a minha experiência de praxe no separador "FACULDADE" :)

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)