domingo, 31 de maio de 2015

FILMES || The Age of Adaline


Esta é uma história que tinha tudo para criarem uma fórmula pesada, complexa, massuda de explicações e justificações para uma tentativa de enredo não mágica. E ainda assim, conseguiram contornar esse caminho previsível e fizeram uma história gira de ver e que não nos faz ter conta das duas horas que passamos a olhar para o ecrã a assistir.

Adaline Bowman é uma mulher com 29 anos que não consegue envelhecer. Como tal aconteceu não vou referir, mas garanto-vos que fizeram uma deliciosa justificação pseudo-científica e tentaram contornar a tentativa da magia e da fada madrinha. Talvez mirabulante, mas que até me conquistou um pouco. Perante a sua nova condição e depois de ter percebido que não poderia levar a sua vida com uma filha de forma tranquila, sem ser submetida a interrogatórios curiosos, perseguições e tentativas de a capturarem para ser estudada, Adaline vive solitária com o seu cão, identidades falsas e de uma forma muito discreta, evitando quaisquer relações próximas que comprometam o seu segredo e fugindo até de um pedido de casamento. Até conhecer, Ellis Jones, um filantropo carismático e divertido que não desiste das suas tentativas de se manter afastada, mostra interesse no seu mistério e lhe mostra o prazer de viver uma vida normal. Apaixonada, sucumbe à possível relação que pode ter com Ellis até um fim de semana na casa dos pais colocar todo o seu segredo em risco. Adaline encontra-se então no meio de uma decisão com dois lados pesados da balança, os seus sentimentos genuínos por Ellis e a possível exposição a que se pode vir a tornar.

Eu gosto de finais felizes. Talvez esteja aqui a ser um pouco spoiler, mas até acho que a piada do filme nem reside tanto no seu derradeiro final mas sim em todos os detalhes que a história envolve, portanto, repito que adorei o final. Todos os pormenores, a banda sonora, o guarda-roupa e a própria linguagem estão muito bem pensados e tornam o filme envolvente, que nos toca e nos faz querer saber mais. Talvez este filme tenha mexido um pouco mais comigo por causa de duas cenas muito especiais mas acho que certamente irá mexer convosco também. É mais do que um romance de domingo à tarde mas não é, de longe, enfadonho.

Acho mesmo que é a prova de que podem haver romances quase de encantar sem magias fantasiosas. Faz-nos pensar no que faríamos: iríamos abraçar a juventude eterna com um sorriso nos lábios e uma visão promissora do futuro ou envelhecer, dar uma data final à vida, faz parte da magia de realmente viver e ser apaixonado pela vida? Vale a pena verem!

10 comentários:

  1. Tenho MESMO que ver este filme! Andei a pedinchar ao meu namorado mil vezes para o irmos ver ao cinema mas ele sempre recusou porque dizia, citando-o, que era um filme de "gajas". Agora que está no warez vou vê-lo o mais rápido possível! x

    ResponderEliminar
  2. É um filme que gostava muito de ir ver :)

    ResponderEliminar
  3. Deixaste-me muito curiosa :D Já tinha ouvido falar do filme, mas nunca tinha pesquisado sobre ele para saber do que tratava. Parece ser muito giro, vai já para a minha lista ^^

    ResponderEliminar
  4. ainda não vi o filme, mas quero muito ver :)

    ResponderEliminar
  5. Nunca tinha ouvido falar, mas fiquei curiosa, parece ser um bom filme, gosto de filmes assim. Vou ter de ver!

    ResponderEliminar
  6. Eu fui ver na semana do cinema a 2,5€ Adorei :) Filme fantástico mesmo!

    ResponderEliminar
  7. Acabei agora e adorei! Tinha grande vontade de ver, fiquei curioso assim que vi o trailer, e não me arrependi nadinha! É lindo!

    ResponderEliminar
  8. Vi hoje e gostei. Não adorei, mas gostei :)

    ResponderEliminar
  9. Ainda não vi! Mas já me falaram maravilhas dele!

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)