domingo, 25 de março de 2018

BLOGOSFERA || Olá, Lyne!

Agendas e astros alinhados, a vontade como gatilho para contornar a timidez: foi assim que reservámos uma tarde juntas e que conheci a Carolayne.
Tenho de confessar que, embora já não seja estreante a cruzar caminho com as pessoas incríveis que a Blogosfera me deu — olá Melvin, olá Catarina! — ainda não é algo que escrevo na agenda sem sentir o coração acelerado. Dentro de mim, há sempre uma pequena insegurança de que fiquem, de alguma forma, desiludidos comigo, ou que não encontrem a Inês que lêem, em cada publicação. É uma insegurança um pouco tonta porque tenho a confiança de que escrevo o que sou, mas que não deixa de me deixar ligeiramente ansiosa. Encontrar com pessoas da Blogosfera é sempre um momento ligeiramente caricato porque conhecemos a outra pessoa mas, ao mesmo tempo, de uma forma muito louca, não conhecemos. Enquanto que outras plataformas permitem-nos identificar outros traços e características muito típicos de um encontro pessoal — como tiques, formas de falar, expressões, entoações —, quem fica na plataforma da escrita, vê-se um pouco mais limitado em mostrar estes traços de personalidade que, durante um café, são fundamentais para sentirmos verdadeira empatia pelo outro.

Todas estas inseguranças evaporam-se quando acabo por conhecer e abraçar pessoas incríveis, como a Lyne. Só me importa escutar e observar, conversar sobre tudo, e rapidamente me esqueço que, na realidade, temos um trabalho e conhecemo-nos online. E é sempre tão bom conhecermos, de facto, as pessoas que admiramos e acompanhamos num nível mais próximo...!

A Lyne é alta, tem uma voz cristalina — tão diferente e mais bonita do que a que imaginava! —, é expressiva, lindíssima, tem um sorriso caloroso e contagiante, é artística em todas as suas palavras e comportamentos e isso são pequenos detalhes que eu tive o privilégio de saborear cara a cara, entre chai lattes e uma Lisboa de má cara — que não combinava com as nossas! —.
Não sei se era a Inês que ela esperava — tento destruir esta insegurança fazendo aquilo que sei melhor: ser verdadeiramente Inês e esperar que tudo corra bem —, se falei demais, se falei de menos, se esperava algo diferente ou se foi tal e qual como idealizou, se teve empatia comigo, olho no olho. Mas eu não esperava outra Lyne e fui agraciada com a miúda que sempre soube que ela seria. Fui presenteada com uma tarde bonita, de conversas preciosas e encantadoras que me deixaram feliz por estar aqui, a escrever quase todos os dias e a conhecer pessoas incríveis como ela. É estrondoso quando a pessoa que já admirávamos online, se torna ainda mais admirável offline. Que venham mais chai lattes, Lyne!

7 comentários:

  1. Que giro! Na verdade, nunca me aventurei a conhecer bloggers fora do ecrã (excepto as pessoas que já conhecia antes de entrar na Blogosfera), talvez por falta da oportunidade. Mas deve ser uma experiência incrível!
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  2. O que vale é que comigo nunca é combinado. Ahah

    ResponderEliminar
  3. Li esta publicação às 8h e tal da manhã, enquanto tomava o pequeno-almoço, e ainda estou para aqui sem saber o que dizer. Antes de mais, fica sabendo que ultrapassaste as minhas expectativas, se é que as tinha. Ler-te, sempre me deu a certeza de que serias espetacular pessoalmente, e acredita quando te digo isto. Se ainda não escrevi acerca do nosso encontro, não foi por não querer, mas sim porque tenho o #7DoS e não gosto muito de publicar duas vezes por dia, no entanto, fica descansada, pois, em breve terás impresso tudo aquilo que reti do nosso café! \Õ/
    Mas para que não sufoques de ansiedade, fiquei deveras surpreendida pelo teu humor certeiro e contagiante, com o qual me identifiquei! A tua franqueza, a tua postura, o teu à vontade para seguir as conversas foi o que me deixou a gostar ainda mais de ti, pois, não tiveste medo de quebrar o gelo comigo - e, tal como me disseste no dia, se não fosse para ter acontecido, o lanche não teria durado tanto assim!
    Muito obrigada pela dedicação, pela publicação, mas acima de tudo, pelo facto de teres aceite o meu convite! Não estava nada à espera que elogiasses algo tão normal quanto a minha voz, mas muito obrigada! :D É daqueles detalhes que poucos apontam, mas fiquei mesmo surpreendida!
    Por mais cafés, querida Inês!
    Beijinho grande e um abraço apertadinho! ♥

    LYNE, IMPERIUM

    ResponderEliminar
  4. duas das pessoas mais inspiradoras, sem dúvida!

    ResponderEliminar
  5. Fiquei tão feliz quando soube que se conheceram, a sério! Duas pessoas extraordinárias juntas - MARAVILHOSO! -, espero que a vida vos dê o prazer de se reencontrarem mais vezes. Um beijo enorme, às duas!

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)