sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

DAILY || Não estou motivada com o Carnaval e não faz mal. Ninguém leva a mal.

Fiz questão de não levar para 2018 a maioria das sensações que me invadiram em 2017, mas uma que conseguiu escapar foi a desmotivação severa que estava a sentir em relação ao Carnaval. Ao início, ninguém ligou. É cedo; quando vires o Monumento ficas mais entusiasmada; quando te lembrares de uma máscara gira, a excitação regressa; mas não chegou e deu lugar a olhares preocupados.

Acho que é o primeiro ano, em toda a minha vida, que não estou motivada com o Carnaval, portanto, não condeno os olhares preocupados. Não estou com um caso de desmotivação misturado com indiferença, que foi o que aconteceu com uma série de amigas Torrienses: não só não estão motivadas com o Carnaval como a sua existência ou ausência dela não lhes provoca absolutamente reacção nenhuma. Deus me (e nos) livre!

Não estou indiferente ao Carnaval; se não chegasse, eu ia sentir falta, ia sentir-me estranha, ia sentir que não vivo na cidade do Carnaval. Vi o Monumento com curiosidade e entusiasmo, ajudei as minhas pessoas na Rota da Chinatown — como eu gosto de chamar às visitas sucessivas que fazemos a lojas dos chineses para encontrar acessórios de Carnaval — com igual empenho aos outros anos, fiz questão de saber todos os pormenores das máscaras, ouvi o Hino do Carnaval vezes e vezes sem conta, cantei a playlist de Carnaval no banho, senti um quentinho no coração quando as bandeiras foram colocadas nos postes... Mas não procurei ideias para mim. Não morri de ansiedade pelos dias que estão por vir. Está a dar-me algum peso no coração por saber que só regressarei à minha cama em horas que terminem "da manhã".

Não é idade, eu prometo. Pode ser em qualquer lugar, mas no Carnaval de Torres não há idade. E, claro, posso não ir ao Carnaval. Não deixo de gostar dele por não participar nele. Mas sinto-me em conflito, e um pouco a meio-gás (e vocês sabem que detesto qualquer coisa a meio-gás). Quero celebrar, mas sinto-me cansada e desmotivada com uma série de coisas que nada têm a ver com folia, mas que se mascaram disso. Na verdade, não estou desmotivada com o Carnaval, estou apenas tão cansada de uma série de outras coisas que vieram agregadas de 2017 que acho que é o Carnaval que não me apetece celebrar. Estou sem energia e ainda a recuperar forças de tudo o que tive de lidar nos últimos tempos.

Confesso, estava a fazer-me confusão não me reconhecer nesta altura do ano, mas acabei por aceitar. O meu corpo está a dar sinais e as mensagens são claras e tenho de as atender e respeitar. Não estou no maior momentum do Carnaval. E então? Não faz mal. O Evento não precisa de mim nem da minha motivação para ser um sucesso, isso é garantido. Decidi que vou respeitar muito aquilo que estou a sentir e viver o Carnaval mediante esses sentimentos. Se quiser sair, saio, senão, ficarei em casa e não faz mal. Se quiser ficar até à uma da manhã ou até às dez é totalmente válido. Se quiser empenhar-me na máscara, muito bem, senão, o baú tem outros disfarces igualmente fáceis de despir na hora de voar para a minha almofada. E vou deixar-me surpreender pelas memórias que crio todos os anos e que nos fazem rir à mesa, num jantar, quando as recordamos. São elas que me fazem sempre suspirar pelo Carnaval. As memórias. E é por elas — mas sem esperar nada por elas — que vou de sorriso no rosto e pés sempre a mexer pelas pracinhas fora.

A companhia é a melhor e o evento está promissor; os lugares estão, a cada ano, mais organizados, as árvores finalmente saíram da Praça da Batata e tornaram o lugar ainda mais seguro, temos o Samba da Matrafona para cantar e, embora existam ameaças de chuva, há uma promessa dúbia de que a temperatura vai subir. E é só isto que preciso para sair sem obrigações. Às vezes não estamos no auge da nossa felicidade ou energia e não faz mal. Por vezes, temos de ficar um bocadinho à sombra para prevenir queimaduras do Sol.


Se forem ao Melhor Carnaval de Portugal, mandem-me uma mensagem nestas Redes (Gigantes) Sociais. Tenho todo o gosto em dar um Olá! E espero que tenham uma experiência memorável.

9 comentários:

  1. Este ano vou sambar debaixo de uma manta a pôr séries em dia ^^ Está frio e de chuva :s

    ResponderEliminar
  2. O comentário da Rita C. manifesta muito bem como vou viver o meu Carnaval! :P
    Há anos em que estamos esquisitos e as coisas que sempre fizeram o nosso sangue ferver de entusiasmo, desta vez só o deixa morninho... Especialmente se outras coisas nos deixam assim! E este ano o tempo esta realmente muito frio, chuvoso e não apetece fazer nada senão sopas e descanso.
    Um dia tenho de ir ao Carnaval de torres. Esta na minha bucket list.

    ResponderEliminar
  3. Adoro o carnaval de Torres, o da minha zona é tão "copy paste" do de torres que até mete nojo --

    ResponderEliminar
  4. Para mim o carnaval não tem muito significado, pois nunca o festejei. Mas acho um máximo podermos ser outra coisa num outro dia!! Nunca fui ao Carnaval de Torres mas deve ser brutal!!

    Blog: https://bolacha-mariaa.blogspot.pt/
    Projeto: http://ajudaoplanetaesalvaomundo.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Essa música é fenomenal e ao mesmo tempo uma comédia, adoro tanto!

    ResponderEliminar
  6. Eu adoro o Carnaval e infelizmente não vou estar em Portugal para o celebrar.
    É ok aquilo que estás a sentir e de não te obrigares a festejar algo para o qual não te sentes à vontade, neste ano. Até porque acho que isso iria manchar a ideia bonita do carnaval que tens. Dá tempo ao tempo, que a folia há-de chegar em dose dupla.

    My Own Anatomy ✨

    ResponderEliminar
  7. Não te preocupes, Nês. Podes não te reconhecer a 100%, porém, lá no fundo, ambas sabemos que a magia está toda dentro do teu coração, que vai ser na mesma memorável e que, quando acabar, ja vais estar a contar os dias para o próximo. Se este ano não estás completamente afim de tudo, é porque, de facto, não tens de estar sempre óptima, não te esqueças que não somos infalíveis. E aproveita da melhor forma que puderes. Beijo enorme, flor, vais ver que corre tudo bem.🌻

    ResponderEliminar
  8. Até a mim me preocupa ler isto, tu que costumas adorar tanto o Carnaval xD. Mas acho que estás a ter uma ótima atitude em relação a essa sensação, não te forçares a nada. Se não quiseres festejar o Carnaval este ano não tem mal, assim como não tem mal esforçares-te menos nos disfarces ( se bem que, pelo que já vi do teu InstaStories, suspeito que os teus disfarces vão ser giros e originais como sempre).
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
  9. Adorava o Carnaval quando era criança, mas, nos últimos anos perdi o interesse por esta época. A única coisa que gostava de ver era o desfile de sábado à noite, no Funchal, mas isso não é transmitido por nenhuma televisão. Já vi o teu disfarce de mergulhadora no Insta e adorei! Ainda não sei se não hei de ir ao Carnaval de Torres Vedras, ver se é mesmo "o melhor de Portugal" (vs o da Madeira, ehehe)
    Por onde anda a Sofia?-Instagram

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)