quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

PRONTO A VESTIR || Três Dicas para Saldos

Muitos adoram, outros odeiam, outros ainda esperam por esta época para fazer compras... Inegável, os saldos chegaram. E, sinceramente, sinto-me saturada de ver as mesmas dicas de saldos espalhadas por estas redes fora. Claro que concordo com elas e que tenho de arrumar o meu armário e ver o que tenho a mais e o que preciso antes de ir às compras. Mas cansa-me ver constantemente o mesmo tipo de dicas, ano após ano e sem partilharem o que realmente pode fazer a diferença. Então, cá estou eu a partilhar três dicas que faço questão de usar em época de saldos. Resultam comigo e nunca as dispenso, pelo que acho que merecem ser partilhadas convosco. São só três mas acho que valem pela eficácia. Vamos a isso?

| DEVOLVER E COMPRAR
Imaginem estes dois cenários; cenário a) entram numa loja que já organizou as peças para os saldos, mas que ainda não os iniciou, e finalmente encontram aqueles calções que queriam no vosso tamanho e estão com medo de, assim que os saldos começarem, ficarem sem eles.
cenário b) compraram um casaco já em saldos, mas depois apercebem-se que, na 2ª ronda de saldos, ele ficou dez euros ainda mais barato.
É para estas duas ocasiões que uso o truque de comprar e manter a etiqueta na peça de roupa e reservar o talão. A não ser num caso muito esporádico em que queira usar imediatamente a peça, eu costumo deixá-las nos sacos e aguardar uns tempos até cortar as etiquetas e deitar fora os talões. No caso de peças que realmente queira garantir que ficam no meu armário, costumo comprá-las um dia antes dos saldos e depois fazer o truque de devolver e voltar a comprar, mais barato. Existem reduções pequenas e nessas, sinceramente, não me preocupo em fazê-lo mas há alturas em que me sinto totalmente 'roubada' por retirarem 10 ou até 20 euros ao preço que adquiri e, aí sim, faço questão. Se o vosso talão for de compra e não de troca, podem reaver o dinheiro da diferença e garantir que pagam sempre o preço mais barato ou que conseguem ter a peça no armário antes dos saldos mas a pagar preço de saldo. Têm sempre trinta dias.

| PROVA DE LAVAGEM
O mais típico nesta época é encontrarmos Cinderellas: peças únicas, precisamente no nosso tamanho e que nos ficam a matar. É como se tivessem à nossa espera o tempo todo. O sonho termina quando olhamos para ela e reparamos que tem uma mancha de base de uma miúda descuidada ou aquelas manchas escuras que nos dissuadem de adquirir a peça. Por vezes, é de deixar o coração despedaçado porque adoramos muito a peça, não existe mais nenhuma e queremos tanto levá-la... Mas temos medo que a mancha não saia e não queremos arriscar.
É nestas ocasiões que existe a prova de lavagem. Quando estiverem a efectuar o pagamento da peça que está suja, indiquem esse pormenor ao funcionário e solicitem um talão com prova de lavagem. Este talão permite que vocês tentem lavar a zona suja e, se não conseguirem removê-la, podem devolver. Caso consigam, já está pago e podem ser felizes com a vossa adorada peça.
Claro que exige cuidado. Não podem colocar a peça na máquina, nem cortar ou danificar a etiqueta de papel. Apenas podem lavar a zona suja mas, se gostam muito da roupa e era mesmo o que queriam, vale a pena experimentarem, já que não têm nada a perder. Só costumo fazer isto em casos muito específicos (em que não posso mesmo arranjar outra peça e é mesmo o que quero, especialmente porque raramente as roupas assentam-me bem ou existem os meus tamanhos) e, até agora, nunca tive qualquer problema.

| ONLINE SEM DESILUSÕES
Foram a uma loja e encontraram um casaco preto, lindo, no tamanho M mas, ao experimentarem, concluem que talvez o tamanho S ficasse melhor. O problema é que já só existem tamanhos S nos casacos de cor branca. Experimentem o casaco branco no tamanho S — porque o que querem verificar é se, realmente, o tamanho está bom para vocês — e encomendem online o casaco preto no tamanho S. Esta é a minha forma de comprar online peças que não encontro em loja com a garantia de que, quando chegarem, não apanho a maior das desilusões e arrependimentos — porque eu já sei que aquele é o meu tamanho e já sei como é o tom, de verdade —. Hoje em dia, a maior parte das lojas já tem pagamento através de transferência bancária (pagamento mais simples é impossível) e existe sempre a opção de entrega em loja, gratuito e que permite que não paguem mais do que o valor da vossa peça. Não há como falhar!

Têm outras dicas que quase nunca aparecem em lugar nenhum? Partilhem nos comentários! Vamos tornar as nossas compras mais inteligentes (e baratas), juntos!

10 comentários:

  1. Eu não tenho pachorra nenhuma para os saldos! As pessoas parece que ficam loucas.. Compro tudo online para evitar confusões. x

    E. ♥ Meet me for Breakfast

    ResponderEliminar
  2. Não fazia ideia que existia essa opção de levar um talão de prova de lavagem! E quantas vezes já me aconteceu querer uma peça e não a levar por causa disso mesmo que descreves! Que dica maravilhosa, Inês!

    ResponderEliminar
  3. A primeira dica é aquela que uso mais regularmente - aliás, tenho duas peças que me ofereceram no Natal que vão ser trocadas agora nos saldos mesmo para poupar dinheiro.
    Só acrescentaria que nunca digam que é por ser mais barata à pessoa que vos atender. Uma vez caí nesse erro e levei um sermão enorme de como aquilo era eticamente incorreto. Sinceramente só me custou foi o tempo que perdi, porque o dinheiro que reavi deixou-me bem contente.

    My Own Anatomy 💫

    ResponderEliminar
  4. Estou chocada! Como é que nunca me lembrei da primeira dica!?!?! Ora agora é que os preços baixos não me escapam eheheh

    ResponderEliminar
  5. Eu estou sempre a usar a primeira dica em altura de saldos. Não conhecia a segunda, não fazia a mínima ideia que existia um talão de prova de lavagem, isso vai ser tão life-saving!
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
  6. Como raramente compro em lojas físicas e quase nunca compro coisas sem promoção não fazia a mínima ideia das primeiras duas dicas. Basicamente só compro online (haja paciência para aquele movimento) e mando sempre para a loja. Na loja peço para experimentar e depois dá para trocar imediatamente, se eles tiverem a pela ou então devolver.
    Por onde anda a Sofia?

    ResponderEliminar
  7. Uso muito essa dica do "online sem desilusões". Ainda agora na Black Friday usei com umas botas que já tinha experimentado em loja mas que calculava que iam estar mais baratas nessa altura. Assim como já sabia o número quando chegou a Black Friday foi só encomendar online.:D

    Another Lovely Blog!, http://letrad.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Damn, és um génio do mal, a primeira dica é...lá está, genial xD

    Jiji

    ResponderEliminar
  9. Não fazia ideia da segunda dica, nunca pensei que existisse tal coisa, mas obrigada pela informação. São 3 dicas fundamentais, agora vamos lá aproveitar os saldos :)

    ResponderEliminar
  10. Não fazia ideia da existência da "prova de lavagem" e fiquei agradavelmente surpresa. Já desisti de peças por estarem manchadas e ter receio de ser uma mancha difícil de sair. Obrigada Inês! :)

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)