domingo, 19 de novembro de 2017

DAILY || Passeios Outonais


Embora esta seja a época em que os dias ficam cada vez mais curtos e em que o frio, de noite, chega a ser quase insuportável, esta é a altura em que mais gosto de sair de casa e andar pela cidade. Gosto de passear pelo centro quando o céu já está com um belo tom azul bebé e o Sol já não tem altura para nos ofuscar com raios solares. A partir daqui, o azul apenas escurece um tom de cada vez e eu deixo-me aconchegar pelo meu casaco.

Gosto de descer as ruas e de ver os candeeiros de rua já acesos embora a noite ainda não tenha chegado em absoluto. As lojas abertas e com a típica luz amarelada a sair pelas montras e a preencher as ruas num clarão confortável e caloroso. Nesta época, ninguém sai à rua sem gostar, verdadeiramente, de sair e é assim que nos cruzamos muito mais com casais apaixonados e amigas a transbordar de saudades. O dia não podia estar mais frio mas, ao meu redor, apenas encontro calor.

Gosto de desfrutar dos maravilhosos "Chá das Cinco" na minha casa de chá preferida. A temperatura, no interior, está sempre equilibrada e perfeita. Nunca se entrega ao frio da rua e nunca está absurdamente quente. Sabe a casa de avó.
Adoro sentar-me perto da janela que ilustra a rua escura enquanto seguro a chávena do chá com as duas mãos, como sempre. De molhar os lábios e sentir o sabor da bergamota a inundar-me o gosto. Oiço jazz na ao fundo, mas nunca se sobrepõe à conversa da mesa, que me faz rir ou pousar o queixo na mão, como tanto gosto de fazer quando quero escutar alguém. 

Scones quentinhos por onde o doce de frutos vermelhos escorre. Tão doce como ouvir o saxofone e ver as primeiras lojas a fechar, lá fora. Tudo num ritmo perfeito. Sem grandes pressas, em movimentos sonolentos. Dá gosto deixar-me ficar sentada e aproveitar todo este momento enquanto como scones com chá e roubo bolachinhas de canela, numa antecipação natalícia.

Saio sempre agarrada ao cachecol e observo o vapor a sair da boca como se fosse um dragão prestes a ser descoberto pelo mundo. A meia-luz aconchega-me e deixa-me feliz. Os sinos tocam ao fundo da rua e a sensação de aldeia que eu tanto adoro reconforta-me. Sinto-me sempre mais próxima de tudo o que me rodeia quando os sinos tocam. Sinto-me presente, a viver precisamente este momento. Sem pressas, compromissos ou outros lugares onde quisesse estar. 

Adoro passear nesta época do ano porque aproxima-me de tudo o que é familiar e seguro no meu coração. 

6 comentários:

  1. Lindo! Senti-me a deixar envolver pelas tuas palavras, sempre tão certeiras e aconchegantes, Inês :)

    ResponderEliminar
  2. Estou doente neste momente (constipada) por isso nem imaginas o quanto essa imagem foi reconfortante para mim.
    Beijinhos :)
    https://dailyvlife.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Este texto foi muito reconfortante, senti-me tão envolvida nesse ambiente que descreves! Adorei, Inês!
    https://sunflowers-in-the-wind.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Adorei, como sempre, o texto. Diria até que o sol brilha de forma diferente no Outono.
    Por onde anda a Sofia?

    ResponderEliminar
  5. O dia não podia estar mais frio mas, ao meu redor, apenas encontro calor.
    Não descreveria melhor a sensação que me deixa sair nesta altura do ano. É tal e qual como dizes, só sai nesta altura do ano quem realmente quer rever amigos ou passear com o seu par, por isso, tudo parece mais bonito em nosso redor. Gosto tanto do «Outono» e, ler-te, faz-me gostar ainda mais. <3

    ResponderEliminar
  6. Aquele momento em que acabas de chegar da faculdade, está um frio de rachar, tal como as pinceladas que a chuva deixa nas janelas, o teu nariz está a pingar, sentas-te para colocar leituras em dia e te deparas com a descrição perfeita de como é que anda o teu estado de espírito e tudo aquilo que te rodeia e anseias por.

    Oh, Inês, que pessoa maravilhosa que és! Já só tenho vontade de te afogar num abraço quentinho e dar-te muitos chás pretos, enquanto ficamos à conversa! *0*

    Beijinhos,
    novo blogue: IMPERIUM

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)