sexta-feira, 26 de maio de 2017

DESPORTO || 5º Trilho das Lampas


No passado dia 13 de Maio, decorreu o 5º Trilho das Lampas, em São João das Lampas, composto por 10 km de caminhada por entre caminhos e trilhos do Parque Natural Sintra-Cascais, enquanto o Sol se punha. A hora é escolhida a dedo para que possamos presenciar o pôr-do-Sol enquanto andamos no meio dos vales, e para que terminemos o percurso já de noite, com direito a guias de luz, tochas e lanternas, criando um efeito mágico.


Com o vislumbre do Palácio da Pena num lado e do Convento de Mafra do outro, não podia deixar de partilhar convosco aquela que, para mim, foi uma das provas mais bonitas que realizei. Embora esteja muito bem assinalada, a sensação de que estamos a embrenhar-nos na natureza é envolvente e desperta o nosso espírito mais aventureiro e curioso. É perfeita para quem gosta de passeios ao ar livre e para quem adora explorar serras e vales.


São garantidas muitas subidas puxadas, descidas, alguma lama e água, pelo que vos aconselho a levarem o calçado apropriado (ou um extra, depois de terminarem a prova). Ténis de trail - se já os tiverem - ou calçado próprio para serra é o ideal. Mas também estão garantidos horizontes de perder de vista, paisagens verdes fascinantes, o som constante dos pássaros, rãs e da água a correr nos riachos e cascatas, sem se escutar mais nada que não esta melodia e o ruído dos nossos passos. 


Curiosa e exploradora como sou, não resistia e entrava em trilhos paralelos e escondidos para ver cascatas, pequenos lagos e recantos escondidos e quase-secretos para quem segue a caminhada sem olhar ao redor. E dá vontade de nos escondermos nesses cantinhos para sempre. Parecem vir de um conto de fadas.

Esta edição já decorreu, mas estou a partilhá-la convosco porque existe sempre uma outra prova em Setembro, mais alusiva às festividades de São João das Lampas (a um pulinho de Sintra) e para a qual ainda podem inscrever-se. É perfeita para quem realmente gosta de se perder na natureza e de bons passeios. É inesquecível. Se tiverem possibilidade, não deixem de participar. Ou reservem um dia para fazerem uma visita ao Parque, que é deslumbrante.

4 comentários:

  1. Que maravilha! E que locais lindos...se há coisa que me dá pena de não viver mais perto de Lisboa - é das únicas coisas, adoro o meu Porto! :p - é o facto de não estar perto de Sintra. Que lugar mágico!

    Jiji

    ResponderEliminar
  2. Faz-me lembrar um trilho/caminhada que fiz no Gerês, há uns poucos meses atrás. Foi dos dias mais bonitos deste ano (e dos que me recordo de ter). A caminhada era puxada, de nível médio/alto, mas compensou tanto. Senti mesmo que estava em conexão com a natureza de uma forma que nunca tinha estado antes! Desci a descida mais perigosa da minha vida, numa descida íngreme, pelo meio de um riacho (que tornava tudo mais perigoso), sempre a pensar "não escorregues, Mariana, aguenta!" para ir dar a um sítio maravilhoso com uma cascata e um arco-íris de perder de vista. Tenho um vídeo fantástico de uma parte, em cima de uma das montanhas, com uma vista indescritível onde não se ouve absolutamente nada. Só ouves natureza! Para uma pessoa citadina como eu, completamente habituada à realidade da cidade, à confusão e barulho do centro do Porto, foi de me deixar maravilhada e muito, muito feliz!
    Adoro o facto de partilhares estas experiências e de me rever tanto nelas, Inês! :)

    ResponderEliminar
  3. Depois das fotografias deste testemunho, estou mesmo tentada em ir ao próximo!

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)