terça-feira, 4 de abril de 2017

PASSAPORTE || Reserva de Bandia


Admito que, embora reconheça algumas das vantagens dos Jardins Zoológicos, não morro de amores por eles. E fui com um pé atrás para a Reserva de Bandia, receando que pudesse encontrar algumas das particularidades que não gosto num Zoo.

A Reserva de Bandia é gigantesca e caracteriza-se como um refúgio para animais selvagens. Converte-se num lugar essencial, para as espécies que abriga, porque as protege, já que a maior parte delas é insistentemente caçada pelos seres humanos.


O corno dos rinocerontes é cortado como forma de protecção contra os caçadores que os procuram para ficarem com esta parte do animal. Muitos supersticiosos acreditam que o corno dá sorte. O corno volta a crescer.
Em Bandia, os animais recebem a menor intervenção humana possível, para que possam viver de uma forma mais natural. Só existem três excepções a esta regra: quando estão doentes (recebem tratamento veterinário), quando uma fêmea vê a sua gestação em risco porque não consegue obter, facilmente, comida - devido às secas ou às cheias, por exemplo - (recebe reforço alimentar para que possa prosseguir com a gravidez) e as únicas duas espécies carnívoras de toda a Reserva, hienas e crocodilos, cujo o seu espaço tem uma cerca e têm intervenção humana na sua alimentação para que, evidentemente, não cacem os outros animais da Reserva.


A visita à Reserva é feita num jipe de caixa aberta, como num Safari e, sendo animais selvagens, este tipo de visitas é sempre um jogo na lotaria: podem encontrar imensas espécies ou podem não encontrar nenhuma, embora os guias tenham alguns pontos de referência que, quase sempre, garantem que avistemos alguns animais (como a passagem por lagos ou determinadas espécies de árvores, por exemplo). Nós tivemos muita sorte e encontrámos de tudo; javalis, macacos, pássaros do deserto - absolutamente lindíssimos -, girafas, búfalos, avestruzes, rinocerontes, zebras, antílopes (aliás, assisti a dois antílopes machos a lutar pelo território e foi um momento completamente marcante e fascinante) e, claro, as hienas e crocodilos. 



As zebras são também uma espécie bastante protegida, na Reserva, porque as suas peles são um elemento de desejo por parte dos caçadores
Desenganem-se se pensam que vão viver a mesma experiência que vivem numa visita ao Jardim Zoológico. É muito mais genuíno, é muito mais intenso e impõe muito mais respeito. São animais que não estão demasiado habituados a humanos e olham-nos com desconfiança, com imponência. Numa parte da visita, pudemos sair do jipe para ver algumas Baobab e conhecer a história dos trovadores - que vou contar mais à frente - e, inesperadamente, uma girafa macho atravessou-se nos nossos caminhos. Foi o momento mais assustador e empolgante que já pude viver, ver um animal gigantesco passar diante de mim, em toda a sua imponência e indiferença por todos nós, e eu a tão poucos passos de o tocar. Em Bandia eu senti que todos os animais eram maiores, mais confiantes e mais genuínos.



A Reserva tem também um restaurante onde podem comer enquanto olham para o lago dos crocodilos e onde também vão encontrar estes macacos, que fazem parte da Reserva, mas que são muito atrevidos e gostam de conhecer as pessoas
É também nesta Reserva que falam sobre os Baobab e a história dos trovadores. Há muitos anos, o Senegal considerava os trovadores pessoas sagradas, por conterem o poder das palavras. Como eram preciosos, não queriam enterrar um trovador como o resto dos comuns mortais - na terra -. Queriam que ele estivesse elevado do chão e foi nos Baobab que encontraram a solução, devido às suas raízes cheias de cornucopias que formam inúmeras grutas dentro da própria árvore. Os povos enchiam a gruta com folhas de palmeira e enterravam, assim, o trovador. Rapidamente os Baobab ficaram conhecidos como os Poços de Palavras mas também ficaram sufocados de esqueletos, já para não falar da contaminação das águas. A prática passou a ser, há umas décadas, proibida por lei mas esta tradição mórbida tornou-se num dos detalhes que mais dá protagonismo a esta árvore.


O bufalo africano é considerado um dos mamíferos mais perigosos. Impõe respeito de tal forma, que até os próprios leões têm medo de os caçar!
Foi uma visita inesquecível e que nos coloca frente-a-frente à Natureza de uma forma que jamais tinha estado, antes. Nunca fui muito apegada ao BBC Vida Selvagem nem, como já vos referi, a maior fã de Zoo, mas esta experiência ultrapassou todas as minhas expectativas e considerações. Marcou-me.

Quando refiro que os carnívoros, como os crocodilos, ficam cercados, a sua área de circulação não é, de todo, pequena - como em alguns Zoos -. Tudo o que estão a ver nesta fotografia (e muito mais além) faz parte da área exclusivamente reservada aos crocodilos. Têm muito por onde andar, nadar e explorar!

11 comentários:

  1. Tão lindas as fotos, deve ter sido uma visita fantástica :)

    Beijinho <3

    Lina Soares
    Trinta por uma linha

    ResponderEliminar
  2. Ai que fotos lindas adorei
    esse lugar deve ser mesmo bonito para visitar
    Beijinhos
    CantinhoDaSofia /Facebook /Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
  3. Como eu adorava visitar esse lugar!!! Deve ser uma experiência inesquecível!! As fotos estão super giras!!

    Beijinhos
    Black Rainbow Instagram

    ResponderEliminar
  4. Fiquei encantada com esta reserva. Sou apaixonada pela vida selvagem e adorava visitar um lugar destes. As fotografias estão incríveis!

    ResponderEliminar
  5. As fotografias estão excelentes! A da girafa ficou tão linda!
    http://sunflowers-in-the-wind.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. estou absolutamente fascinada! e as fotografias estão incríveis inês! obrigada!!!!

    ResponderEliminar
  7. As fotografias são absolutamente lindíssimas e espero um dia ter a tua sorte de encontrar todas estas espécies, quando eventualmente for num safari.

    ResponderEliminar
  8. Adorei a história dos trovadores e adoro a genuinidade da reserva e a forma como tratam os animais! São todos tão belos e a experiencia deve ser extremamente marcante!

    ResponderEliminar
  9. As fotos estão maravilhosas! Parabéns!

    Beijinhos
    That Girl

    ResponderEliminar
  10. Deve ter sido fantástico! Adorava visitar.
    Boas fotografias :)

    ResponderEliminar
  11. Que fotografias fantásticas! :o A da girafa está de outro mundo! Adoro!! *0*

    LYNE

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)