sexta-feira, 7 de abril de 2017

PASSAPORTE || Lago Retba, Senegal


Existem, no mundo inteiro, apenas oito lagos cor-de-rosa - pelo menos que estejam publicamente oficializados - e o Senegal tem um deles. Claro que, assim que comecei a planear a viagem, fiz questão de saber como lá chegar.

O lago Retba, mais conhecido entre os locais como Lac Rose, é enormíssimo e localiza-se na península de Cap Vert, muito perto do deserto de Niaga que, numa futura publicação, também merecerá o seu tempo de antena. Ganha a sua característica e lindíssima cor rosa (muitas vezes avermelhada) graças à Dunaliella salina algae, embora a concentração deste halófilo varie ao longo de toda a extensão de água e faça com que nem toda a superfície do lago adquira as mesmas tonalidades. Consoante a estação do ano e as condições climáticas, o lago pode ficar mais rosa, mais avermelhado, ou simplesmente azul.

Importante referir - embora eu considere isto um facto óbvio, sei que não é de conhecimento universal - que as imagens que vêem por todo o lado de lagos rosa (de todo o mundo) não têm aquela aparência de iogurte líquido de morango. Uma breve pesquisa no Google sobre lagos cor-de-rosa fará com que percebam o que estou a explicar. Estas "edições" fazem com que muita gente chegue a estes verdadeiros tesouros e olhe para eles com desilusão (afinal de contas, não era um Suissínho gigante). Felizmente, não foi um sentimento que partilhei porque já estava preparada e porque acho que estes lagos são tão raros que o simples privilégio de poder ver e nadar num já satisfaz os meus sonhos.


Mas o lago Retba não ganha apenas um galardão especial de pink lake. Este é, também, o segundo lago mais salgado do mundo, apenas ultrapassado por um que existe na Antártida que é mais 4% salgado que o Retba. Portanto, colocando isto numa perspectiva de probabilidades, este é o lago mais salgado do mundo que terão boas chances de ver e nadar. E o Mar Morto?, perguntam vocês. O lago Retba é cerca de 7% mais salgado que o Mar Morto. O que significa que, sim, também vão flutuar perfeitamente nas suas águas.

Devido a estas concentrações salinas gigantescas, é o local perfeito para a extracção de sal, e a paisagem tem tanto de fascinante como imponente. Num dos recantos do lago, podem observar verdadeiras montanhas de sal, que conferem ao horizonte uma sensação de neve que brilha à luz do Sol. É o resultado da extracção diária feita pelos locais com a ajuda de pirogas - o barco típico do Senegal - onde vão colocando as pedras de sal. A concentração é tal que, na beira do lago, encontram verdadeiros cristais que grudam na areia, nos barcos e em tudo o que se encontre ao seu alcance.


A água é extraordinariamente quente e, como já referi, podem nadar no lago, embora seja aconselhável que não tornem a exposição muito prolongada devido aos efeitos de tamanha concentração salina na vossa pele. Uma das precauções que os extractores de sal têm é colocar manteiga de Karité no corpo, de forma a criar uma barreira gordurosa e protectora. Aliás, em todos os mercados que passarem, vão encontrar manteigas de Karité à venda.


Não consigo conter o entusiasmo que é poder ter visto e nadado num lago rosa. Desta aventura inesquecível, trago um saco de cristais de sal que uma senhora nos ofereceu, durante a visita, e uma concha que apanhei durante os meus mergulhos e que estava há tanto tempo exposta à água que ficou muito rosa no interior. É um momento e uma visão única. 

7 comentários:

  1. Ohh, tão bonito :') Cada vez mais tenho vontade de visitar este país!!!

    ResponderEliminar
  2. Em 2017 também vou visitar uma cidade com um lago cor-de-rosa! Estou ansiosa e espero ter a sorte de encontrar uma recordação tao boa como essa conchinha <3

    ResponderEliminar
  3. Ahahah, não é um Suíssinho gigante mas acredito que seja belíssimo na mesma!

    Another Lovely Blog!, http://letrad.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Deve ter sido uma experiência única! Sempre tive muita curiosidade sobre estes lagos e espero também vir a nadar num c:

    Beijinhos,
    http://lastcollectionbyap.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Estou a apaixonar-me cada vez mais pelo Senegal! Que tesourinho! Parece ser tão belo e eu já ando a sonhar com um lago cor-de-rosa há tanto tempo!

    ResponderEliminar
  6. Tão bonito, Inês!! Embora não seja o rosa cor de iogurte de morango, é um rosa de um vinho rosé e é igualmente espetacular!!

    ResponderEliminar
  7. Inês, não vais fazer os favoritos do mês de março?

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)