sábado, 1 de abril de 2017

FILMES || Minha Vida Não Faz Sentido

Já não é a primeira vez que vos falo do Felipe Neto, aliás, como já perceberam, eu gosto do trabalho dele. Vou partilhando convosco um ou outro vídeo que eu acho relevante dividir convosco e não dispenso ver os vídeos diários dele, quando chego a casa. Por isso mesmo, fiquei sempre com imensa pena que a sua peça, Minha Vida Não Faz Sentido - alusiva ao segmento do seu canal que lhe trouxe o sucesso - não viesse para Portugal, e eu não tivesse a oportunidade de assistir. Os meus olhos brilharam quando percebi que estava disponível, na Netflix.

Minha Vida Não Faz Sentido é mesmo uma peça. Muita gente iludiu-se de que seria uma tentativa de stand-up, de comédia ao vivo, mas não. É uma interpretação humorística, em que o Felipe conta como chegou onde chegou. Quer gostem dele, quer não lhe achem piada nenhuma, é inegável: ele tem sucesso e é admirável saber que é um sucesso merecido e muito trabalhado.

A peça é uma conversa informal com o público, muito bem trabalhada e com uma demonstração técnica de teatro evidente, onde muitas temáticas vão sendo abordadas, ao longo da sua história biográfica. Temas como o ensino nas escolas, o incentivo da leitura às crianças e adolescentes, homofobia, inseguranças pessoais, sociais e profissionais, religião, sucessos e falhas estão presentes ao longo do monólogo, de uma forma estrategicamente humorística, mordaz e pertinente.

Arrancou-me muitas gargalhadas - porque, afinal de contas, continua a ser o Felipe Neto e é garantido que teremos palavrões, mudanças de voz ridículas, poses estranhas e conclusões muito engraçadas - mas fez-me reflectir muito. Mesmo que os assuntos não sejam novidade, a criatividade da sua apresentação faz com que desperte, em mim, a vontade de voltar a reflectir sobre os mesmos. É engraçado, mas tem conteúdo. Tem propósito. Tem uma história muito importante de ser contada para que muitas pessoas se inspirem, sintam que não estão sozinhas nesses pensamentos, vitórias ou falhanços, para que muitas pessoas se motivem e admirem. Eu estou incluída. Mesmo que não acompanhem o trabalho dele, vale muita pena assistir. A única coisa que lamento, é não ter visto a peça ao vivo, como tanto queria. Obrigada, Felipe.

6 comentários:

  1. Adoro os vídeos do Felipe Neto, mas desconhecia esta peça! Vou já ver!
    http://sunflowers-in-the-wind.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Não conhecia. Mas fiquei curiosa! Humor é sempre bom. Se for com um propósito e inteligente, melhor ainda! :)
    Beijinhoo

    ResponderEliminar
  3. Também gosto muito dele. Nunca tive tanta pena de não ter Netflix como neste momento!

    ResponderEliminar
  4. Eu adoooooro o Felipe! Segui-o desde que me lembro, talvez desde o meu sétimo, e desde então que tem vindo a ser o Youtuber mais antigo que sigo. Houve uma altura em que me senti super desanimada enquanto inscrita, exatamente na época em que nem ele mesmo sabia o que fazer da vida dele, mas depois ele regressou em força, com conteúdos muito bons e bem mais maduros, e esses foram os que me convenceram, uma vez mais, do porquê de eu adorá-lo tanto!
    Tenho de ver esse filme! Deve estar mesmo hilariante! :D
    Um beijo na teta esquerda! ;)

    LYNE

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)