terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

BOM GARFO || O Forno


A vantagem de viajar com alguém que já conhece o Porto com a palma da mão, é que sabemos que vamos com alguém que já sabe os bons sítios "secretos" e "não turísticos" para comer. 
Tenho muitas heranças nortenhas, mas a capacidade de comer uma francesinha até ao fim não fazia parte delas. Adoro, mas farto-me a meio. Por isso não me preocupei nem um pouco que o nome do restaurante que ele queria ir não fizesse parte das vossas sugestões. "Não faz parte da lista de ninguém e é o maior erro", disse-me ele. Vamos lá então, pensei eu.

Passámos a via Santa Catarina, além de todos os restaurantes, cafés e bares turísticos. Aliás, fugimos completamente da zona turística e seguimos sempre em frente, para ruas não tão glamorosas, onde o único turista que podia passar era um completamente perdido da sua rota. Mais uns metros e ali estava O Forno. Nunca vi o meu namorado tão contente por entrar num restaurante, garanto-vos. 

O lugar estava completamente vazio, em contraste com todas as outras sugestões de restaurantes para comer francesinha que ia lendo na Zomato ("cheguem cedo, está sempre cheio e com filas enormes!"), mas o espaço era enorme e o atendimento era de uma simpatia contagiante. Duas francesinhas à moda original, foi o pedido, que não podia ser outro.

Não vou ficar com rodeios. Foi a melhor francesinha que já comi em toda a minha vida. O molho era soberbo, apurado, no ponto certo de picante, delicioso. A carne estava macia, nenhum dos enchidos era enlatado e o queijo era a cereja no topo do bolo. Foi tão deliciosa que comi até ao fim - e, acreditem, isto é um momento chocante. 

Durante toda a refeição ainda dispuseram mais molho e mais uma dose de batatas, por conta da casa. Para mim, isto faz parte de toda a magia de um serviço, que claramente era muito familiar. Se pudéssemos levar para casa uma caixinha cheia daquele molho de francesinha, levávamos. Se vivêssemos no Porto, teríamos de resistir para não irmos lá uma vez por semana, no mínimo. E o preço? Absurdamente em conta.

É esta a magia de passear por locais cujos nossos parceiros já conhecem na palma da mão. Descobrimos tesouros escondidos onde vivemos as mais deliciosas experiências. Não duvido que um Café Santiago tenha uma francesinha excelente mas depois de visitar O Forno parece-me impossível regressar ao Porto e ir comer outra francesinha que não neste restaurante maravilhoso. Já era o restaurante de francesinha habitual do meu namorado e, garantidamente, passará a ser o meu. Se são locais não deixem de experimentar e sejam felizes a comer por mim!

______________________________
Rua de Santa Catarina, 1028, 4000
Porto
Contacto: 222 087 217

13 comentários:

  1. Uau. Parece maravilhoso! Vou mete-lo na minha listinha "to go" :)


    TheNotSoGirlyGirl // Instagram // Facebook

    ResponderEliminar
  2. Agora deixaste-me com fome, Inês!
    http://sunflowers-in-the-wind.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Quando fui ao Porto fui ao Capas Negras e a farncesinha estava muito boa mas a melhor que já comi foi mesmo em Ponte de Lima, não tem tanta magia nem sabe igual a uma na invicta mas estava soberba! Vou apontar o nome do restaurante, é capaz de dar jeito!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Capas Negras é dos mais fraquinhos para comer francesinha :/

      Eliminar
    2. Capa Negra *
      E concordo, Inês, é muito muito muito fraca.

      Eliminar
  4. Sou incapaz de comer francesinha, mas da próxima vez que visitar o Porto com companhia esse sítio será paragem obrigatória!
    Obrigada pela crítica tão detalhada :) fazem falta mais sítios assim!
    Beijinhos,

    Rita

    ResponderEliminar
  5. As francesinhas desse restaurante são realmente divinas, mas aconselho também a experimentar o restaurante Santa Francesinha, também não desilude!!:)

    ResponderEliminar
  6. Inês confesso que desde que meteste esta foto no instagram que pensei "por favor escreve para o Bom Garfo"!!! Que aspeto dos deuses :)

    http://lavitainrosaa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. Obrigada Inês, vou ficar com esta referência para quando lá for. Uma das coisas que queremos fazer é comer uma boa francesinha, mas a dúvida está sempre em encontrar o restaurante ideal. Acho que será a nossa escolha :)

    ResponderEliminar
  8. Como assim eu não conheço este restaurante?! Obrigada pela sugestão, Inês, vou ter que averiguar a situação :p

    Jiji

    ResponderEliminar
  9. Acredita que comeste bem melhor n'O Forno do que n'O Santiago! E pudeste evitar toda a saga que é esperar por uma mesa livre e o atendimento muito impessoal.

    Fico à espera de mais relatos sobre a minha cidade. Beijinhos. =)

    ResponderEliminar
  10. Ainda só provei uma vez e foi no Alentejo :P
    Não fiquei fã mas tenho que provar uma no Porto.

    ResponderEliminar
  11. Já tenho onde comer uma francesinha, assim que regressar ao Porto! :P

    A Vida de Lyne

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)