sábado, 3 de dezembro de 2016

BOM GARFO || Hard Rock Lisboa

Sou-vos muito sincera: não tenho a nóia do Hard Rock Café. Não tenho t-shirt nenhuma. Não procuro desenfreadamente pelos HRC de todo o mundo e não me importo nadinha se não os avistar nas minhas viagens. Nunca tinha entrado no de Lisboa, mas confesso; tinha curiosidade para jantar lá. No de Lisboa, apenas. Queria jantar no Hard Rock Café de Lisboa.

Fui com uma companhia experiente, que pediu logo uma mesa no andar de cima, que confirmo, é o melhor. O espaço é simplesmente o mais alternativo de todos os lugares onde já estive; perfeito para os amantes da música, com quadros espalhados por todas as paredes com fotografias, roupas, guitarras ou artefactos especiais de inúmeros nomes da música. Rolling Stones, Madonna, Eminem, Led Zeppelin e Elton John são apenas um cheirinho de tudo o que podem encontrar. E, claro, o famosíssimo Cadillac pendurado.



Fomos preparados para um jantar demorado e, por isso, pedimos, como entrada, uns nachos com queijo, pimentos e feijões acompanhados de guacamole e queijo creme, que estavam divinais. Este é o lugar ideal para fazer mesa. Para mandar vir uma entrada gulosa e para perder as horas a conversar. As bebidas (pelo menos os refrigerantes) podem ser servidas as vezes que desejarem sem pagarem mais por isso. E nós brindámos Dezembro com duas colas bem gulosas. E a estrela do Hard Rock? Claro, os hambúrgueres. Um Local Legendary para a companhia e o Original Legendary Burger para mim. Para acompanhar? Ele umas batatas temperadas com ervas aromáticas - que eram ma-ra-vi-lho-sas! Se gostam do travo fresco e adocicado do manjerico, peçam! - e eu umas batatas com queijo que eram absolutamente viciantes.


Foi o maior hambúrguer que já comi - e vocês sabem que eu sei o que digo, basta olharem para o histórico do Bom Garfo -. Era absurdamente gigantesco e, claro, com a icónica faca de serrilha a espetar o pão do hambúrguer. E foi também o melhor hambúrguer que já comi. Daqueles que ganha o campeonato facilmente a qualquer hamburgueria que já tenha escrito por aqui. A carne era extraordinariamente deliciosa e muito bem grelhada, o queijo estava derretido no ponto (e em abundância), o meu aro de cebola não parecia de plástico o pão era fofo por dentro e tostado por fora, com os sucos do hambúrguer. O meu estômago já saliva com esta descrição e com as memórias deste jantar tão feliz (para o coração e para a barriga). É um bom destino para um jantar descontraído mas que não comprometa a excelência ao paladar. E as doses são muito absurdas. Se estão a planear um jantar por lá, não lanchem. 

E o que falta referir? A qualidade do ambiente. O espaço estava vivo, estava cool, estava convidativo. As pessoas conversavam, brindavam, perdiam-se nas risadas, os empregados eram de uma disponibilidade e simpatia inigualáveis - fiquei rendida - e o saldo é para lá de positivo. É um daqueles jantares que vocês guardam no lugar das memórias das refeições inesquecíveis a dois, sabem?

Continuo a não ter a nóia do Hard Rock. Passo bem sem que me ofereçam t-shirts e o mesmo nunca estará no meu roteiro de viagens. Mas o restaurante, em Lisboa? Um dia regresso. Não vai ser um regresso breve, mas vai ser muito feliz quando acontecer. Será que já perceberam que está hiper recomendado?
______________________________
Av. da Liberdade, 2, 1250-144
Lisboa
Contacto: 213 245 280

7 comentários:

  1. Entrei uma vez no de Lisboa mas não comi lá, talvez um dia quando voltar. Eu por acaso se sei que há um hard rock na cidade que vou visitar entro e compro uma t-shirt, que passa a ser o unico souvenir da cidade (tirando os imans de frigorifico).
    Por onde anda a Sofia?

    ResponderEliminar
  2. Nunca fui a nenhum Hard Rock, mas tenho imensa curiosidade!
    E tinha tudo muito bom aspecto. :)

    love, Bia❤
    Passion Girl||Facebook||Instagram

    ResponderEliminar
  3. Nunca entrei em nenhum, até porque cá em Braga não existe :( Mas quando passar por Lisboa, irei parar por aí e jantar à grande :)
    Beijinho,

    BLOG thesandrafaela || instagram || facebook

    ResponderEliminar
  4. Sou como tu. Quero dar um saltinho ao Hard Rock de Lisboa. De Lisboa. Ponto.

    ResponderEliminar
  5. Já jantei em dois (Nova Iorque em 2012 e Lisboa em 2014) e fiquei fã, senti precisamente o mesmo que tu: que o espaço/conceito era fantástico e a comida deliciosa (e não consegui terminar o meu hambúrguer, de tão gigante que era!) :)

    ResponderEliminar
  6. Agora deixaste-me curiosa para o visitar quando voltar a Lisboa!!

    ResponderEliminar
  7. Nunca tive a pancada do Hard Rock mas talvez visite para experimentar esse hambúrguer delicioso ;)

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)