terça-feira, 2 de agosto de 2016

PASSAPORTE || Minha mala? Não.


Uma regra que tenho em viagem e que faço ao máximo por cumprir é esta: não existe a minha mala de viagem. Sabem a mala rosa que vêem tantas vezes no meu Instagram (e aqui no Bobby Pins, também?). É só minha por fora porque, por dentro, raramente tem coisas minhas.
Eu nunca meto todos os pertences de uma pessoa na mesma mala e faço sempre questão de separar tudo pelas várias malas que formos transportar, mesmo que só levemos malas de cabine. Eu separo desde a roupa interior, biquínis, casacos, camisolas e outros objectos pessoais que a pessoa carregue. Até sapatos.

Porque os aeroportos são espaços especialistas para perdermos malas. De porão ou cabine. E se alguém perder a sua mala, tudo o que era seu, tu-do, fica perdido com a mala também. Perfeitamente evitável se ela soubesse que tem várias mudas de roupa nas diferentes malas do grupo. Não ficou tudo perdido e ela ainda consegue aguentar-se uns dias para tratar da mala perdida ou para esperar o seu regresso - porque malas perdidas demoram 15 milhões de anos a regressar.

Para mim, esta regra é essencial. Em viagens comigo, não há cá Minha mala. Tudo se divide, todas estão abertas e as roupas e coisas são distribuídas. São hábitos de viagem que vão ganhando com a experiência.

Fotografia da minha autoria, por favor, não a utilizar sem autorização prévia

9 comentários:

  1. É uma excelente ideia, nunca me tinha ocorrido! Alguma vez perdeste a mala?

    ResponderEliminar
  2. Também tenho esse habito. Mas torna-se difícil quando se viaja sozinha. Nunca me perderam a mala.

    :)
    Beijinho
    The-not-so-girlygirl.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Isso é muuuito inteligente já tinha ouvido falar de levar sempre na dita "mala de senhora" uma muda de roupa para caso de se perder a mala mas isto é muito mais eficaz!

    ResponderEliminar
  4. Uau, nunca tinha visto as coisas deste prisma! Assim, se perdermos uma mala, os custos e o «sacrifício» não é tão significativo...

    ResponderEliminar
  5. Realmente, nunca tinha pensado nisso, é muito inteligente :). No entanto, eu não consigo partilhar a minha mala com ninguém, na minha família não há ninguém que seja organizado como eu ( só a minha mãe, mas ela agora, devido a problemas de saúde, não viaja tanto), por isso prefiro levar tudo direitinho na minha mala, do que depois levar na mala dos outros e não saber onde estão as coisas.
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
  6. Uso exactamente a mesma estratégia. Entre as restantes malas de porão e as malas de mão, levo a roupa dividida porque morro de medo que me percam a mala.

    ResponderEliminar
  7. Tendo em conta que roubaram a minha mala na viagem até Madrid e perdi T-U-D-O, subscrevo a ideia. O problema é quando viajamos sozinhos e só levamos uma mala (foi o que me aconteceu), de qualquer forma, esta é uma óptima solução para evitar desgraças!

    Ricardo, The Ghostly Walker.

    ResponderEliminar
  8. Mas que ideia de génio! :o
    Terei isso em conta quando viajar de avião (ou mesmo de comboio, pois nunca se sabe!)

    A Vida de Lyne

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)