quarta-feira, 3 de agosto de 2016

PASSAPORTE || Cienfuegos, Cuba


Também ela considerada Património da Humanidade pela UNESCO, e seu nome atribuído em homenagem a um dos rostos da revolução - Camilo Cienfuegos - Cienfuegos é a "Pérola do Sul" de Cuba, com um estilo de cidade muito ligado ao mar e às suas baías bonitas e famosas. As ruas largas com bancos e palmeiras ao centro estão repletas de cidadãos que se sentam para conversar, ouvir música ou jogar cartas/dominó, as lojas de roupa que facilmente veríamos numa cidade marítima europeia são substituídas pelas moradias dos residentes que rapidamente se contrastam umas com as outras; Enquanto na porta número 3 encontramos um estilo arquitectónico colonial bem cuidado, com paredes repintadas e com manutenção, portas e janelas em bom estado, na porta número 4 encontramos uma casa com a tinta descascada, sem porta - apenas um gradeamento com portão e algumas plantas a decorar a entrada.



No centro histórico de Cienfuegos encontramos dois pontos de grande interesse: o Paseo del Prado, a rua principal da cidade, bem larga, com grandes edifícios desde teatros, mercados, hotéis e lojas, ideal para um passeio relaxado e para conhecerem melhor cada detalhe da cidade, verem a transição do estilo colonial para o neoclássico ou barroco e se entrosarem no ambiente cubano e o Parque Martí.


O Parque Martí é considerado o "quilómetro zero" de Cienfuegos e foi neste mesmo lugar que a cidade foi fundada. Ao vosso redor encontram inúmeros edifícios que merecem visita; O teatro Tomás Terry, com uma fachada austera e neoclássica e que mesmo ao lado tem um café, de seu nome Terry, que vos recomendo imenso que visitem pela música ao vivo e pela decoração no interior: um gradeamento com o tecto coberto de plantas e flores, por onde os raios de Sol entram nas brechas que sobram. Um dos espaços mais agradáveis e com um dos melhores expressos de Cienfuegos.


Encontram também o Museu Provincial - antigo casino espanhol - que é numa surpreendente cor acinzentada - nada comum nos edifícios por Cuba, coloridos e sempre nos seus clássicos tons pastel - mas imponente e muito bem conservado, e ainda mais um edifício que eu achei que seria uma potencial casa da Barbie: o Palácio Ferrer, com a sua cúpula que funciona como miradouro com acesso ao público, de um azul pastel maravilhoso.

Para grande pena minha, quando visitei Cienfuegos, a maioria dos edifícios estava fechado. Desconhecia o porquê até me fazer o clique em Havana, detalhe esse que explicarei e avisarei com muito cuidado numa outra publicação dedicada para o caso, pelo que me fiquei maioritariamente pelas fachadas dos edifícios e as ruas de Cienfuegos. Não obstante, a minha visita foi soberba e é facilmente compreensível o grande amor pelos cubanos por esta cidade (muito mais que todas as outras): é vibrante, é enérgica, parada no tempo e muito bem cuidada. Foi um dos melhores passeios de final de tarde da minha vida.
Adoro este contraste maravilhoso: do lado esquerdo temos um sumptuoso edifício de estilo neoclássico com inspiração francesa; do lado direito, casas singelas e algumas com uma certa degradação.
Fotografias da minha autoria, por favor, não as utilizar sem autorização prévia

9 comentários:

  1. As fotografia estão, sem dúvida, maravilhosas! Estou a gostar muito das tuas publicações sobre Cuba, é um país que cada vez me encanta mais.

    ResponderEliminar
  2. Cienfuegos: Sem fogos, mas com alguns suspiros!
    Que testemunhos incríveis que tens deixado por aqui, Inês. :)

    ResponderEliminar
  3. Tenho gostado de ver esta tua retrospectiva de Cuba :) É curioso porque fiquei com uma sensação muito diferente de Cienfuegos, que não me impressionou. Quando lá estive estava literalmente vazia, não se via vivalma nas ruas - nem carros, nem pessoas. Esta «tua» Cienfuegos tem cores e é dinâmica :) No nosso caso conseguimos entrar no que pretendíamos. Fomos ao Museu e ao edifício ao lado (o azul, que está numa das tuas fotos, com uma escada em caracol, que julgo ser o Palacio del Gobierno) - sendo este último de uma arquitectura impressionante. Depois de muito passearmos pela cidade, que nos deteve apenas uns dois dias, lá chegámos a uma zona de praia - seguindo por uma avenida enoorme que saía da praça principal - e nos apercebemos que a festa estava toda ali, haha :) Imensa gente concentrada. A cidade em si, pouca gente tinha (e nunca percebi a razão).

    ResponderEliminar
  4. Queridos seguidores,
    Não tenho estado presente no Blogue nos últimos tempos.
    Embora, em tempo de aulas, a Faculdade me 'roube' muito tempo, as férias são sempre umas alturas em que dá para renovar as energias e o nosso espaço online, no entanto, por diversas razões não darei continuação ao 'Aguarela'.
    Foi muito importante para mim todas as vossas palavras. Agradeço-vos do fundo do coração por estarem desse lado!
    Talvez um dia regresse ao 'Aguarela' ou até mesmo com outro blogue! Mas, por agora, ficarei assim.
    Desejo-vos uma continuação de um excelente trabalho, que sei que fazem!
    Espero que sejam felizes por esta jornada fora que é a Vida!
    Um beijinho,
    Carolina do Aguarela

    ResponderEliminar
  5. Como sempre, as tuas fotografias estão maravilhosas :)

    ResponderEliminar
  6. Que fotos lindíssimas, Inês! As cores são mesmo qualquer coisa de outro mundo - acho que quando for a Cuba - porque eu um dia vou a Cuba! - não vou largar a máquina fotográfica!

    Jiji

    ResponderEliminar
  7. Oh meu Deus! O ambiente dessas fotografias é tão chamativo!! *O*

    A Vida de Lyne

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)