segunda-feira, 13 de junho de 2016

DAILY || Fim de Semana King Size


Este fim de semana prolongado (incluindo o dia de hoje) foi tudo o que precisava e muito mais. A ansiedade dos dias acumulada, os meus problemas e alguns problemas de pessoas que gosto que decidi dividir, os obstáculos profissionais que pareciam ser irredutíveis, a falta de tempo mesmo quando houve tempo e a carência pelas minhas pessoas estava a fazer-se sentir na minha energia e saúde. Já não era uma questão de gostar deste fim de semana. Eu desesperadamente precisava de um fim de semana. Para desligar. Do telemóvel, das chamadas, das mensagens, do e-mail profissional e pessoal, das notícias, da agenda e viver cada dia como bem me apetecesse e com quem me apetecesse.

Foi óptimo para estar com quem amo de coração inteiro, para dançar com ele e libertar todo o stress entranhado na pele, para programar jantarzinhos com pessoas queridas e que só arrancam de nós sorrisos, para passear à noite sem medo das horas em que encontraríamos a cama, para dormir um pouco além das oito da manhã, para saborear o meu primeiro dia de praia, para comer gelados a ver o pôr-do-Sol e jantar ainda de dia no jardim porque já há tempo bom para isso. Foram dias de fazer ronha no sofá e maratona de filmes enroscada nos seus braços e a receber doses cavalares de mimos e de tomar um bom pequeno-almoço bem cedo para visitarmos um Palácio. De dançar na cozinha, de ver o Euro, de substituirmos a preocupação do temos de fazer pelo que nos apetece fazer.

Foram dias para cuidar de mim, para passear, para me mimar, para fazer um banho de imersão e quase adormecer na água quentinha. Foram dias em que pude respirar. Tão importantes. Nós sabemos, mas às vezes estamos tão saturados na nossa rotina diária - muito previsível em algumas situações - que quase nos esquecemos da vida incrível que temos. Das pessoas à nossa volta que se lembram de nós diariamente com amor nos seus corações e carinho nos seus pensamentos. Que o calor está a regressar e que embora este Sol fosse muito mais apetecível na praia onde não estamos, é essencial também para sairmos do trabalho com um casaco a menos e um sorriso a mais com um convite para beber um copo numa esplanada. Esquecemo-nos que a vida está a seguir, que o comboio não está a parar e que, por vezes, é essencial olharmos para a janela e vermos o quão incrível é a paisagem que temos ao dispor.

É uma chatice quando nos esquecemos destes pormenores, do quão saborosa é a vida. E é normal também esquecermo-nos. E é para isso mesmo que eu acho que os fins de semana grandes servem; para nos lembrarem que vivemos uma vida maravilhosa, só por estarmos aqui, vivos, para a viver e bem viver. Espero que o vosso fim de semana também tenha cumprido a sua missão.

Fotografia da minha autoria, por favor, não a utilizar sem autorização prévia

10 comentários:

  1. Que tenhas recarregado todas as energias e que tenhas aproveitado muito! Btw a foto está giríssima! :)

    ResponderEliminar
  2. É tão importante termos dias assim :)

    ResponderEliminar
  3. uau! espero que tenhas tido um excelente fim de samana! a foto está maravilhosa! brutal! beijinho


    the-not-so-girlygirl.blogspot.com

    ResponderEliminar
  4. Que fim-de-semana tão cheio de amor e de alegria! Que bom :)
    E daqui, vão mais doces de energia para ti ;)

    ResponderEliminar
  5. Achei esta fotografia tão, mas tão bonita! E que final de publicação inspiradora. Já sentia saudades de te ler com regularidade. Dava um saltinho cá de vez em quando, mas é diferente quando faço parte disto à séria. Que venham mais fins-de-semana do género! E bom resto de semana, Inês :)

    ResponderEliminar
  6. Uau, que texto tão encantador! Infelizmente o meu fim de semana foi passado entre livros, mas sempre perto (ainda que longe) de pessoas que me fazem bem! Sem o seu apoio não seria a mesma coisa e estes momentos de aperto também me relembram que sou uma sortuda! (:
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  7. Também aproveitei o fim-de-semana para relaxar, bem precisava! Fui passá-lo à Ericeira e voltei com as energias recarregadas. Tão bom.

    Andreia \\ ALL THE BRIGHT PLACES

    ResponderEliminar
  8. Eu só tive dois dias e meio porque no sábado tive de trabalhar mas ainda vieram mesmo a calhar!


    Cátia ∫ Meraki

    ResponderEliminar
  9. Tão bom de ler, Inês! Gosto sempre muito destas tuas reflexões. Ajudam-me a perceber o que é mesmo importante :)

    Jiji

    ResponderEliminar
  10. "Esquecemo-nos que a vida está a seguir, que o comboio não está a parar e que, por vezes, é essencial olharmos para a janela e vermos o quão incrível é a paisagem que temos ao dispor" - tão verdade. Apercebo-me disso quando quebro um pouco a rotina, de alguma forma. Páro para pensar e presto mais atenção a detalhes, ao que tenho e ao que me rodeia. E, de repente, coisas tão simples tornam-se suficientes para nos fazer sorrir. Gostei imenso do texto :)

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)