domingo, 29 de maio de 2016

Coisas que aprendi no meu curso


O terrorismo alimentar é uma das práticas mais comuns de terrorismo e de grande preferência. A comida hoje em dia é globalizada e exportada para imensos pontos geográficos do planeta para superpopulações, permitindo o acesso fácil a um número gigantesco de alvos. É também por isso que a segurança alimentar é um dos pontos de segurança mais apertados de sempre. Alguns exemplos deste tipo de terrorismo são a contaminação de saladas de diferentes restaurantes com Salmonella  (1984), a contaminação deliberada da comida consumida por colegas de laboratório com Shigella (1996), um dono de um restaurante de comida rápida que colocou propositadamente veneno de rato em refeições de um restaurante da concorrência (2002) ou até mesmo sardinhas de conserva portuguesas que foram contaminadas com cianeto por um individuo para fazer chantagem às principais cadeias de supermercados sul-africanas (2003).

5 comentários:

  1. Como dizes, a globalização dos alimentos permite chegar a um maior número de alvos por isso é normal que haja esta preferência. Não conhecia alguns dos casos, obrigada pela partilha!

    ResponderEliminar
  2. É incrível (no mau sentido) ver como as pessoas podem manipular a alimentação. Sendo estudante de Cultura, falo sobre globalização e alimentação, e temos a noção do cuidado e segurança que se tem que ter face à alimentação, mas não temos casos concretos. Esta tua partilha, faz-me ver ainda mais a seriedade e gravidade "da coisa".

    ResponderEliminar
  3. Não fazia ideia disso, é assustador...
    Beijinhos :)
    http://those-colorful-words.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. as vezes quanto menos sabemos mas felizes somos, de facto a comida é uma arma super poderosa que nos deixa a todos muito vulneráveis
    beijinhos

    http://umacolherdearroz.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Nunca tinha pensado deste ponto de vista...

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)