sexta-feira, 11 de março de 2016

FILMES || About Time


Vi este filme em 2013, quando estreou no cinema, um dia antes da minha viagem a Veneza e nunca mais me lembrei dele. Até que, esta semana, passou na televisão e voltei a lembrar-me de um filme tão bonito, daquele tipo de filmes que não podia deixar de partilhar convosco. Até me sinto mal por o ter esquecido.

Aos 21 anos, Tim descobre pelo pai um enorme segredo de família: todos os homens da sua família conseguem viajar no tempo, inclusive o próprio.
E se, inicialmente Tim encara essa descoberta com descrédito e desconfiança, depressa se apercebe de todas as potencialidades deste seu poder. Decide mudar-se para Londres em busca de um futuro melhor, onde tropeça em Mary, uma miúda doce e adorável por quem Tim se apaixona e faz de tudo para a conquistar (inclusive com algumas viagens no tempo para o ajudar).

O que facilmente se apresenta como uma comédia romântica com sorrisos parvos a olhar para a televisão de tantas tontices amorosas num piscar de olhos nos ensina que viajar no tempo não é uma bandeja de regalias e que Tim não é senhor de todas as decisões do mundo. Com um casamento fora de série (se virem a cena à saída da igreja podem imaginar-me a chorar a rir e em altas gargalhadas porque não resisto ao mix da música com todo o momento a acontecer), um pai brutal (a minha personagem favorita) e uma banda sonora de gigantesca qualidade, About Time faz-nos muito mais do que apenas invejar a habilidade de viajar no tempo: faz-nos ver o presente com olhos clínicos. 

Um filme super leve e doce com uma mensagem cheia de simbolismo. Vamos viver o presente como se tivéssemos voltado atrás no tempo para o saborear?

9 comentários:

  1. Este filme é incrível, e até me arrepiei toda agora ao lembrar-me dele... Curiosamente, vi-o também por volta de 2013/2014 e voltei a vê-lo há umas semanas atrás, por ter passado na televisão. É mesmo fantástico e recorda-nos da urgência de viver... Dos meus favoritos de sempre!
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  2. Oh meu deus! Eu ia amanhã falar sobre ele... é só um dos meus filmes preferidos, pelo conceito, simplicidade e história.

    ResponderEliminar
  3. Também já vi este filme e apesar de não ser dos meus favoritos, considero-o um bom filme que nos faz refletir na vida

    ResponderEliminar
  4. Vi este filme há dias atrás! Gostei imenso :)

    ResponderEliminar
  5. Quando comecei a ler o post pensava que era outro filme, visto que o tema é idêntico e é exatamente a mesma atriz que o faz, é The Time Traveler's Wife. Também é bastante interessante, eu gostei. Tenho de ver este, nunca o vi.

    ResponderEliminar
  6. Estava para o ver quando saiu mas nunca mais me lembrei dele. Apesar das críticas que li, não é um filme que me puxe para ver e costuma haver sempre outro a despoletar-me curiosidade. Relembraste-me que está em tempo de espera :)

    ResponderEliminar
  7. Quando vi o filme, achei-o imensamente amoroso. Daí que depois de ter visto o filme tenha ido procurar os actores principais, sobretudo o actor principal, e descobri que ele também entrou na saga Harry Potter ao interpretar Bill Weasley.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. OMG POIS FOI! Eu sempre soube que o rosto dele não me era estranho!!!!

      Eliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)