quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

ISTO É TÃO INÊS || 7 Factos Estranhos Sobre Mim

Fotografia da minha autoria, por favor, não a utilizar sem autorização prévia

1. Eu não como alimentos de cor verde
Tirando ervas aromáticas, que não me fazem a mínima confusão, é de uma enorme dificuldade para mim conseguir comer alimentos de cor verde. Deixam-me enjoada e com falta de apetite. Por exemplo, eu como pimentos vermelhos, amarelos, até laranjas sem o menor problema, mas se me metem pimento verde à frente, é certo que fica à borda do prato. Como dou importância à minha alimentação e não quero que "caprichos" esquisitos me condicionem a saúde, eu meto todos os alimentos verdes importantes na sopa com a devida concentração de cenouras e batatas para que a sopa jamais fique esverdeada. É o meu truque.

2. Eu tenho nojo/impressão de unhas
Eu sei que muitos já conhecem esta mas eu julgo que este é o facto mais "estranho" sobre mim. Se as minhas colegas começam a falar sobre unhas eu fico enjoada, com calor e as mãos a suar. Fico mesmo indisposta. Tenho um nojo enorme de ver unhas grandes, mesmo que estejam cuidadas, se vocês tiverem a parte branca da unha muito visível eu vou ficar incomodada. Se partirem a unha, por favor não me contem. E se têm unhas de gel e coisas postiças, não me toquem. Eu nem sequer consigo pôr um penso rápido em cima das unhas porque ter algo a colar em cima delas deixa-me em pânico. Só de fazer este texto já estou toda arrepiada. Cada vez que alguém mete uma foto no Instagram das unhas até fico verde. E depois eu digo às pessoas que as unhas fazem-me impressão e elas decidem contar-me que partiram uma unha e pedem para olhar. Mas são surdas?? Eu acabei de dizer que isso dá-me impressão e vão mostrar-mas? Uma vez acabei a vomitar em cima da mão de uma rapariga que decidiu mostrar-me a unha toda estraçalhada no minuto a seguir a eu ter-lhe dito que tinha impressão. Eu avisei.

3. Os meus dedos indicadores estão desalinhados. 
Estiquem os braços à vossa frente (estou a imaginar-vos a fazer isto e podíamos todos fazer a coreografia do Thriller a seguir); Se repararem, supostamente, o vosso dedo indicador será um prolongamento da direcção do vosso braço. Está alinhado na mesma direcção. Mas se eu fizer o mesmo, os meus dedos indicadores disparam para a esquerda ou para a direita (consoante a mão). São altamente tortos e desviados do braço. Eu descobri isso a treinar lançamentos, supostamente alinhamos o dedo na bola porque é a última coisa a tocar antes dela ser impulsionada no ar, por isso vai para onde o dedo estiver mas a minha saía sempre com efeito. Tinha de entortar a mão toda para lançar direito.

4. Eu consigo (e gosto) de comer cogumelos de lata "crus"
Sim, só os de lata, aqueles de supermercado que nem crus já estão. Eu adoro passá-los por água e, enquanto alguém prepara o refogado ou a refeição que os vai acompanhar eu vou ao passador e roubo um para comer. Há quem ache nojento, há quem ache estranho, mas os cogumelos sabem-me super bem (estou-me a sentir tão envergonhada!)


5. Tenho uma carga eléctrica a mais no coração
O coração é conhecido fisiologicamente por ter duas cargas eléctricas principais para controlar a circulação do sangue nas aurículas e ventrículos mas eu tenho mais uma carga eléctrica que poderia resultar em dois possíveis desfechos (explicação de grosso modo): ou o sangue fazia atalhos e cortava caminho para bombear mais depressa e isso resulta numa anomalia grave que me impediria, por exemplo, de praticar exercício físico sem me colocar em risco de um esgotamento cardíaco, ou a simplesmente correr todas as cavidades mas a uma velocidade superior, que resulta, às vezes, em episódios de palpitações mas sem riscos. Tive a "sorte" de ter a segunda, mas até descobrir qual delas era foi um pesadelo. Desde então a minha família parou de me chamar de miúda eléctrica ou de dizer "onde se tiram as pilhas?" como diziam desde pequena.


6. Eu fico desconfortável se mexem na minha agenda/telemóvel. 
Além de uma possível selfie mal tirada, não há nada no meu telemóvel que me possa comprometer. Não tenho vergonha das músicas que oiço, nem das mensagens que mando (nem dos destinatários) nem de absolutamente nada que figure o meu telemóvel, assim como não há nada na minha agenda que me comprometa de uma forma que justifique o meu desconforto. Tenho as anotações das datas de aniversário das pessoas que mais adoro, das minhas avaliações e datas-limite e algumas ideias para o blogue ou lugares que quero visitar mas nada disso é desconfortável para mim ou impeditivo de vos dizer pessoalmente. A ideia de ter alguém a vasculhar as duas é que me perturba, por mais inocente que seja. Por menos maldosa que seja a sua intenção. Mesmo que só queiram confirmar as datas dos testes, eu fico estupidamente ansiosa, sem qualquer razão racional. Mesmo que só queiram ver os jogos do meu telemóvel, eu fico altamente desconfortável! Apesar de não ter nada de íntimo, tem conteúdo pessoal precioso que me faz ser muito zelosa.

7. Eu não consigo andar de carro com as janelas abertas
Sinto-me um alien, mas é verdade. Faz-me imensa confusão, impressão, o cabelo vem-me todo para a boca, se o apanho, as farripas que estão a nascer entram-me no olho, a violência com que me bate na cara é incomodativa, parece que me bloqueia a respiração.

Eu acho o máximo quando vejo este desafio no blogue de alguém e depois reparo que os seus factos estranhos são do mais banal. E depois sinto-me um alien porque derroto qualquer pessoa com a minha estranheza. Eu nem vos pergunto se se identificam com algum destes factos porque eu acho demasiado improvável (ups)! Mas se forem iguais a mim em algum aspecto eu vou sentir-me menos sozinha e artista de circo!

27 comentários:

  1. já gostei mais de cogumelos de lata crus, os meus dedos são um bocadinho tortos, e os pontos 6 e 7 somos iguais xD

    ResponderEliminar
  2. Nos pontos 1 e 6 somos iguais. Eu não come alimentos de cor verde nem nenhum tipo de legume xD.
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
  3. A 4 e a 6 também fazem parte dos factos estranhos sobre mim :p

    ResponderEliminar
  4. Nós achamos sempre os nossos factos dos mais estranhos que existem, é normal que também penses o mesmo.

    ResponderEliminar
  5. identifico-me com o 7, 6, claramente o 4 (mas vá eu como tudo cru desde cogumelos, adoro carne crua... XD) E A 1 mais ou menos... eu não gosto muito de vegetais logo faço o mesmo que tu... tudo para a sopa, mas sem batata XD E como sopa pelo menos duas vezes por dia. Para colmatar o meu não comer vegetais e mais ocasião nenhuma xD

    ResponderEliminar
  6. Ahah adorei! Realmente tens cada mania mais estranha, rapariga :p mas são todas engraçadas - má é a das unhas!!! E partilho a 6ª contigo. Também fico assim. ODEIO - e o meu namorado tem essa mania. Qualquer dia ainda pensa que ando com outro ou coisa do género loool

    Jiji

    ResponderEliminar
  7. Nunca experimentei cogumelos crus. Nos pontos 6 e 7 somos iguais

    ResponderEliminar
  8. Omg, temos tantos factos estranhos em comum!!! Sou um alien contigo!!!
    Partilho contigo o ponto 2 (as unhas metem-me mesmo muita confusão, não as consigo ter maiores do que um certo comprimento, como já disse no meu blogue, quando era mais nova não conseguia cortar as unhas a mim própria porque me sentia sempre mal e uma vez quase desmaiava ao ver um procedimento médico que estavam a fazer na unha encravada da minha prima). Para além disso, identifiquei-me completamente com os factos 4, 6 e 7!
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  9. Sou tal e qual na 4 e principalmente na 6. Quando mexem no meu telemóvel ou na agenda eu tenho de ficar ali, a ver o que fazem, como se guardasse lá segredos enormes que, na verdade, não guardo!


    www.asofiaworld.com

    ResponderEliminar
  10. Comparada comigo és um bocadinho alien xD e não me identifico com nenhum!

    ResponderEliminar
  11. 3, 6 e 7 e também me dão uma certa impressão as unhas grandes xD

    ResponderEliminar
  12. identifico-me com o 1, mas no meu caso, eu não como qualquer legume xD identifico-me com o 3 e com o 6!

    ResponderEliminar
  13. Uma questão importante: o que são farripas????? Nunca tinha lido/ouvido isso! :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São aqueles cabelos que estão a nascer e que quando apanhas o cabelo acabam sempre por ficar soltos e espetados no ar x)

      Eliminar
  14. Eu adoro todos os teus posts - chega a ser ridículo! - e este não foi excepção. A das unhas nunca tinha ouvido, mas adoro saber que vomitaste na mão de alguém que não respeitou essa tua impressão. Sou exactamente ao contrário com os alimentos verdes e os vidros do carro. Também odeio que me mexam na agenda, fico super desconfortável e passo a vida a comer esses cogumelos de lata crus...aliás, esqueço-me que eles se comem cozinhados :P

    ResponderEliminar
  15. achei este post super interessante, sem dúvida que tens aí uns factos super engraçados :D

    www.pinkie-love-forever.blogspot.com

    ResponderEliminar
  16. ALERTA ALIEN NAS REDONDEZAS!!! ahahah
    Estou a brincar, claro! Mas eu também não como coisas verdes. Quer dizer, legumes verdes. Fruta ainda vai, tipo kiwis e maçãs verdes e uvas, mas legumes verdes? LONGE! Só mesmo na sopa passada ;)
    Aqui me admito, sou um pouco alien também, ahah!

    ResponderEliminar
  17. Factos 2,3 e 6 :: identifico-me bastante contigo nestes três pontos. E pensei que eu fosse a única a sofrer destes "males" ahahah. Olha o bom disto tudo: não estamos sozinhas :D

    ResponderEliminar
  18. Tenho o mesmo "problema" com os legumes verdes, mas, tal como tu, arranjo forma de os comer na mesma! Também gosto de comer esses cogumelos da lata crus, e fico extremamente desconfortável quando vasculham o meu telemóvel, mesmo que não tenha razões para isso... nenhumas mesmo!

    ResponderEliminar
  19. Aquilo que disseste no final sobre reparares que os factos estranhos dos outros serem do mais banal possível, foi precisamente o que pensei dos teus haha. Não fazia ideia que comer cogumelos da lata fosse algo inconcebível, não só gosto como o faço com bastante regularidade :o Infelizmente não tenho apenas os indicadores tortos, acho que só os mindinhos e polegares é que estão certos. Janela aberta no carro só se estiver mesmo muito calor, e mesmo assim não sei se compensa ficar com o cabelo todo despenteado como se fosse um ninho de ratos. Sobre a questão da agenda/telemóvel então, faço minhas as tuas palavras. Também não tenho nada íntimo ou secreto mas a simples ideia de alguém andar a vasculhá-los deixa-me extremamente incomodado!

    Ricardo, The Ghostly Walker.

    ResponderEliminar
  20. Nunca tinha «conhecido» ninguém com um problema com unhas, haha! Acho um máximo na verdade. Pessoalmente não gosto de cabelos. Quer dizer, não dos cabelos das pessoas, mas de ver cabelos espalhados. Quando vejo um cabelo num lavatório à minha frente, numa mesa que vou utilizar ou algo do género fico completamente enojada. Mas mesmo. E claro que me pus a esticar os braços. Deves ter provocado um movimento aqui pelo teu blog com a questão dos indicadores. Curiosamente, eu não consigo andar num carro com janelas fechadas. Mesmo que esteja frio, tem de entrar um pouco de ar, senão sinto-me mal, uma sensação de sufoco. Ah e partilho do teu desconforto com a agenda e telemóvel - não gosto nada que mexam nas minhas coisas, não porque tenha algo a esconder, mas simplesmente porque não gosto, como se fosse uma invasão de privacidade, ainda que não tenha nada de propriamente privado lá.
    Não te considero alien, todos nós temos as nossas manias! :)

    ResponderEliminar
  21. Partilho contigo o facto número 6.
    Não gosto que abram a minha agenda e telemóvel sem permissão.
    Tenho uma colega que o faz e já a chamei a atenção sobre isso. Por pura ingenuidade, ela julgava que iria encontrar somente datas de testes e afins, pois admirava a minha organização. Ora bem, vida de gente adulta já tens contas para pagar e quando lhe fiz ver isso percebeu que uma agenda é verdadeiramente pessoal. :)

    E agora lembraste-me que tenho um poste para publicar sobre a minha agenda para 2016! Aaaaaah!

    ResponderEliminar
  22. eu sou igual a ti na 4 também tenho sempre que ir roubar uns cogumelos crus, na 6 eu odeio que mexam no meu telemóvel em geral sinto-me logo muito desconfortável mesmo sem ter nada a esconder fico logo com "comichões" e, em relação, a 7 eu também odeio andar de carro de janelas abertas mas isso é porque odeio ficar com a franja despenteada e com o cabelo todo pelos ares :D

    beijinhos :)

    ResponderEliminar
  23. Acho que sou não somos muito parecidas mas em certos aspetos até que me identifico!
    Gostei muito de conhecer a tua rúbrica e fiquei a conhecê-la através do blog life of cherry!
    Beijinhos
    Cantinho da tequis
    Facebook Cantinho da tequis

    ResponderEliminar
  24. Ah os verdes. Finalmente alguém. Estou mesmo feliz. Passo a vida a dizer que não gosto de coisas verdes. As pessoas acham que sou esquisita, claro! Eu não como nada verde. A única coisa dessa cor que como é alface nas saladas e couve mas só em caldo verde. De resto nada! Só na sopa, como tu dizes, mas disfarçado com outros ingredientes de cor laranja para me distrair! ahaha
    bjs
    andreiamoita.pt

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)