domingo, 15 de novembro de 2015

FACULDADE || Coisas que quem está na área científica lida


Quando tens de citar os nomes dos autores dos artigos e eles vêm de Narnia e têm caracteres no nome que tu nem sabes como se fazem no teclado, então perdes 10 minutos a procurar no Word onde raio podes recrear tal coisa (quando não podes copiar directamente da página). Dubrovilç Tyonov... Gostava tanto que te chamasses Roberto.

Estás tão habituada a ler sites, artigos, documentos em inglês que a determinada altura, quando explicas algo, custa-te usar as palavras certas em português, mesmo que elas existam. Em inglês sai-te muito mais automaticamente e então pareces aquela snob-patética que em vez de dizer "Garantir o aporte de vitamina A" diz "Garantir o intake de vitamina A".

♡ Há determinadas experiências que correm mal e não entendes porquê. E depois há outras experiências que correm bem e nem desconfias como.

♡ Tudo, tudo o que escreves tem de ter fundamento científico. Não há uma única conclusão que possas tirar, por mais óbvia que seja, que não tenha de ter provas concretas e científicas para referenciares. Portanto, quando escreves no trabalho "Eu sou uma banana" tens de ter um fundamento científico que prove que as bananas podem ser seres humanos caracterizados pela idiotice e nomeados como tal.

♡ Tens sempre de mexer no macro e no micrométrio do microscópio. Não importa se o teu colega fez a definição mais perfeita de sempre, tu chegas lá e ajustas aquilo só um bocadinho porque senão faz confusão aos olhos. Há um lugar especial no Inferno para todos nós que fazemos isto.

♡ Nunca vais ser tão delicada como quando metes o óleo de imersão na placa para rodares a objectiva x10. Tu não respiras durante esse processo e a tua mão move-se muito docemente. Fôssemos nós tão sensíveis a outros assuntos como a não partir placas.

♡ Acertar nos poços durante a execução de PCR é talvez a prova de precisão mais difícil da tua vida. Regra de ouro: garante sempre aquele parceirão que te tira o suor da testa para não teres de mover as mãos um milímetro que seja.

♡ O mundo é um lugar cruel, vil e impiedoso quando o artigo que dizia TUDO o que estás a pesquisar no trabalho é pago.

♡ O mundo é um lugar amigável, parceirão-do-parceirão, astuto e estratégico quando o artigo que dizia TUDO o que estás a pesquisar está disponível naquele site pirata para sacares artigos à borla

♡ Às vezes é difícil lidar com certos cheiros de experiências. A vida é dura.

♡ Dizes aqueles palavriados todos de Satanás-Holandês como se estivesse a declamar a lista de compras ao amor da tua vida.

♡ Quando não consegues ser sucinta num Abstract.

♡ Quando o artigo não coopera com as normas de Vancouver e quer ver o teu rabo na fogueira de inquisição de pontos

♡ Quando o artigo está intitulado de "Laranjas e a prova de que são boas nesta vida" e depois o artigo em si é "Fizemos um estudo com limões mas ainda é só a fase de métodos. Mas os resultados devem ser fixes e as laranjas devem fazer a mesma cena que os limões. Vai na confiança."

♡ Aquele momento fofinho em que vemos no microscópio as células a fazerem uma forma gira de um coração ou outras coisas queridas. Instagram wannabes.

♡ Aquele momento frustrante em que não encontramos puto do que era suposto ver na placa, no microscópio.

♡ Quando fazem placas microbianas de objectos do dia-a-dia e tens nojo da tua própria alma.

♡ Às vezes dá tanta vontade de dizer "Eu sei isto porque o Wikipédia e o site Mais Vidas contou-me e não me apetece confirmar em mais lado nenhum."

♡ Aquela bruta patranha nos resultados porque a experiência correu tão mal que até é vergonhoso dizer o quão falhada foi ao professor

♡ Quando a palha é tão intensa que nem tu acreditas no que estás a escrever.

♡ Quando tens de identificar o teu tubo Eppendorf mas o tubo é mais minúsculo que a tua unha do mindinho e ganhas míopia só a tentar escrever algo minimamente legível e identificável na tampinha do pequeno.

♡ Tampas apertas, frascos destapados, pontas espalhadas são o Apocalipse.

14 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Se o teu objectivo foi alegrar-me um pouco, obrigada. De facto eu não passei por isto porque a minha área nada tem de científica e não envolve experiências maaaas, o meu primo que está em Farmácia também tem umas cadeiras práticas e conta-me algumas coisas e vai de acordo com o que tu dizes ahahahaha

    ResponderEliminar
  3. Não estou na área cientifica mas parti-me a rir com isto xD

    ResponderEliminar
  4. "Acertar nos poços durante a execução de PCR é talvez a prova de precisão mais difícil da tua vida" - a mais pura das verdades!! O que eu me ri com isto (x

    ResponderEliminar
  5. Ahaha enviei isto a todas as minhas colegas! Rimo-nos imenso. É tão isto!

    ResponderEliminar
  6. Opá ri-me tanto, não sou desta área e metade das cenas li duas vezes e senti-me um pássaro dentro do oceano mas estás lá, és a maior nestas coisas!

    ResponderEliminar
  7. "O mundo é um lugar cruel, vil e impiedoso quando o artigo que dizia TUDO o que estás a pesquisar no trabalho é pago" - ahaha, completamente! Raios partam estes artigos pagos que não se encontram à borla em lado nenhum xD
    E adorei o ponto 2 também, realmente acaba por se tornar difícil traduzir as coisas do inglês quando aquilo na nossa cabeça já faz todo o sentido x)

    ResponderEliminar
  8. A felicidade de ser de ciências ^^

    P.S Inês sabes o que aconteceu à A?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ? Continua no mesmo sítio de sempre anónimo, no Montecarlo.... :)

      Eliminar
  9. Não sou das ciências formais, sou das sociais que ainda assim considero como ciências (apesar de saber que muitos não). E revi-me em várias coisas que apontaste, principalmente os dois primeiros :)

    Perdida em Combate

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)