segunda-feira, 26 de outubro de 2015

EVENTOS || Urban Trail Sintra

Fotografia da minha autoria, por favor, não a utilizar sem autorização prévia

Juntem desporto com paisagens e cultura e saibam que a Inês vai fazer de tudo para participar. Depois de, em 2012, ter participado no Urban Trail Lisboa, apaixonei-me por esta fórmula mágica desportiva: alguns km, uma prova nocturna e a passagem por sítios emblemáticos da cidade. Em Lisboa não houve entrada em nenhum monumento mas saltei vinte mil vezes quando soube que, na de Sintra, entrávamos na Quinta da Regaleira à noite. Sabem quantas vezes a Quinta da Regaleira já fez abertura nocturna? Zero. Sabem quem é que aproveitou a oportunidade na hora? Eu. Uma oportunista cultural, digamos.
Eu escolhi a caminhada por duas razões: a primeira é porque achei que uma prova de 10km trail em Sintra é dura e não é para maratonistas de ponte ocasionais que fazem 10km a brincar (porque nas pontes é muito mais a brincar do que em trail) e eu não teria preparação para a mesma. E segundo porque em Lisboa quis apreciar imensas coisas que, em corrida, seriam impossíveis e quis usufruir muito mais desta experiência do que apenas fazer bons tempos, compreendem? 

A prova é sensacional. Muita gente diz que esta prova também deveria ser realizada de dia por causa das paisagens e compreendo, mas não anulem a qualidade desta prova de noite. Passear nas Serras de noite (que não é muito convidativo quando és um gato pingado com mais 5 amigos), nos caminhos de Sintra de noite, nos edifícios de noite... Confere um ambiente fantasmagórico, misterioso e bonito que não consegues em nenhuma outra altura. Olhares para o lado e veres o centro de Sintra inteiro no horizonte todo iluminado... Olhares para o outro lado e veres aquelas torres aleatórias pela Serra com candelabros acesos. Isto é mais magia do que a magia pura. Ir pelos caminhos de terra batida com nada mais do que o som do vento a bater nas folhas e a luz do luar a acompanhar (e uma lanterna de mão, caso queiras). Eu gostei do espírito que eles quiserem passar. E a Quinta da Regaleira à noite... Eu não tenho palavras. Os caminhos iluminados ao longo do percurso por pequenas lanternas, as torres a lusco-fusco, as estátuas com um brilho novo e as grutas com um ar ainda mais assustador. Eu vibrei lá dentro, de tal forma que o tempo passou a correr para mim.

Andar pelas ruas desertas, pelos inúmeros Jardins tão desenhados por épocas passadas... É muito mais que uma prova e fiquei feliz por ter escolhido a caminhada. Pude apreciar tudo com muito mais calma. E como os corredores tinham lanternas de cabeça, volta e meia via-se no horizonte um caminho cheio de pirilampos saltitantes a desenhar a Serra. Absolutamente envolvente.

Falando nas provas em si. A caminhada, tal como eu já previa, é de fácil concretização, mesmo para quem não treina regularmente. Tem algumas subidas que nos deixam cheios de calor (estamos em Sintra, que admiração) mas não é nada de outro mundo. São 5km muito rápidos porque têm muitas distracções. Apesar de ser de noite vão ter muitos sítios iluminados estrategicamente, especialmente se passarem por edifícios, o que significa que vão ter muita coisa para ver e apreciar, o que faz com que o tempo passe muito mais depressa do que se só tiverem estrada e um percurso a completar. O staff é fantástico e apoia-vos imenso durante todo o percurso (tanto corrida como caminhada) e fazem um excelente reforço positivo! A corrida é muito dura (tal como eu já previa) e exige alguma preparação e treino em trails. Não recomendo para uma estreia de 10km, vão arrepender-se, mas é uma prova fantástica (passam por muitos mais sítios). Em relação a pontos gerais, há bom abastecimento de água, todos os inscritos têm direito a uma t-shirt reflectora (para nossa segurança) e lanternas de mão. O percurso é sempre muito bem assinalado e há sempre staff em locais mais perigosos (escadas íngremes, onde as pessoas com o escuro e distracção podem cair) e polícia também para garantir a segurança durante a travessia na Serra. Está mais que recomendado, tanto a de Lisboa (excelente passar por bairros típicos de Lisboa e ouvir casas de fado ou passar em ruas que talvez sozinhos não nos íamos arriscar mas que são tão bonitas à noite) como a de Sintra (com todos estes pormenores bonitos para ver).

Se houver uma Urban Trail Nocturna na vossa cidade, vão! Não é só os vossos músculos que ficam a ganhar!

7 comentários:

  1. Nunca fiz nada do género, mas há uns tempos o Palácio da Pena abriu vistas nocturnas gratuítas e foi das melhores experiências dos últimos tempos. O ambiente de Sintra à noite é brutal e ter podido descer a serra a pé a meio da noite sem me sentir pouco segura foi absolutamente fantástico.

    ResponderEliminar
  2. Eu era bem capaz de fazer uma caminhada nocturna por Sintra nestas condições! Se houver uma próxima eu tentarei ir.

    ResponderEliminar
  3. deve ser incrível! por aqui há corridas noturnas todas as semanas, mas é apenas correr e isso prefiro fazer sem ser com pessoas que desconheço. quanto à parte cultural, sempre que abrem museus/castelo/seja o que for à noite, eu estou lá :)

    ResponderEliminar
  4. Deve ser incrível! A oportunidade de entrar num cenário destes em condições pouco usuais - independentemente da parte desportiva - deve ser impagável :)

    ResponderEliminar
  5. Nunca tinha pensado em tal contexto de corrida. Acho fabuloso e completamente inovador! Imagino-me a alinhar numa coisa dessas com o meu grupo de amigos de Famalicão, só podia ser brutal :)

    R: Essa e a 'Matilda' andam em loop, aqui por casa!

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)