quarta-feira, 16 de setembro de 2015

DESPORTO || Vais começar a fazer desporto? Memoriza estas coisas.


Já és bonita da forma que és: a decisão de começar a fazer exercício deve estar ligada a imensas coisas: à tua saúde, à tua vontade de melhorares a performance, à tua vontade de conquistar algo num campo desportivo, mas nunca deve estar ligado com a baixa auto-estima. Não faz sentido começares a fazer exercício achando que só assim ficarás bonita ou atraente porque já o és, do jeito que és. E só assim vais conseguir visualizar os teus treinos com objectivo e foco. Não os alicerces com aparência.

Fá-lo por ti e não pelos outros: é muito tentador querer começar a fazer exercício para os outros notarem diferenças, para observarem o quanto progrediste mas isso é uma armadilha porque assim que não observares o resultado esperado pelos outros vais desmotivar e desistir. Fá-lo por ti, pelo teu corpo e pela tua saúde, pela tua vontade de alcançares mais. Nestes casos é vital pensares 100% em ti. É o teu momento.

És mais forte do que pensas: começar a fazer desporto é, na maior parte das vezes, desmotivante e quem te disser o contrário está a romantizar. É horrível. O corpo não está treinado, os teus músculos estão todos atrofiados e sofres horrores nos primeiros treinos. A respiração morre, as pernas quebram, ao fim do 3º dia dói-te tudo, ficas num estado lastimável sem fazeres quase nada. Tem paciência e acredita na tua capacidade para fazer as coisas progredirem. É normal quereres desistir, mas é aí que tens de ter algo em comum com todos os vencedores deste planeta: não o podes fazer e verás que consegues. Estabelece metas pequenas e realistas e nunca desistias de ti. Faz tudo com calma, sem pressas e dentro dos teus limites. Tens uma força inesgotável, só precisa de ser treinada e bem direccionada. Como tudo na vida. Mete isto na cabeça nos momentos mais difíceis "Eu sou mais forte do que penso". Está tudo na tua cabeça.

Faz disto um hábito: a primeira semana (ou dias) é sempre impecável. Mas depois o caso muda de figura quando os treinos começam a ficar para segundo plano. É as dores, o tempo, e mais vinte mil coisas que se metem no caminho. Não tens de fazer sempre a mesma coisa. Adapta o teu treino às tuas rotinas. Arranja treinos indoor e outdoor (assim podes continuar a fazer qualquer coisa em casa quando chove). Esforça-te por levantar as pernas do sofá e fazer qualquer coisa. São precisos 21 dias para criares um novo hábito e até lá serão mais as vezes em que queres desistir do que treinar. Não deixes que isso te aconteça e vai preparada. Até porque, quando te habituares, o dia até vai cair-te mal se não o terminares com as tuas séries diárias.

É perfeitamente natural os dias de descanso e os dias em que só fazemos asneiras: é normal haver dias de descanso, aliás, é essencial. Se o dia foi mesmo preenchido ou te esqueceste ou surgiu um contratempo aceita-o e não te martirizes. Acontece. Não sintas isso como uma falha. Um dia de descanso não te mata nem estraga nada do que já alcançaste. O pior é desistir por achares que falhaste. Isso é que é impensável. É normal de vez em quando os exercícios não saírem perfeitos ou num dia teres conseguido fazer 7km e no outro apenas 3km. O que quero dizer é que os treinos não vão sair sempre perfeitos e pontuais. E faz parte.

Arranja um parceiro: eu sei que há muita gente que não se sente bem em treinar com companhia. Eu, por exemplo, detestava correr no início com alguém porque achava que estava a atrasar a pessoa. Então exigia que corressem à sua passada e depois terminávamos juntos. Mas só o facto de ter alguém que me chamava para ir fazer exercício ou que me fazia companhia já era bestial. Não só porque aprendemos sempre algo com os outros (truques, informações) como a conversa acaba por fluir e o tempo passa mais depressa sem dares conta. Além disso estás a criar laços mais fortes. Os laços desportivos são muito poderosos, mesmo que não pareçam. E mesmo que, ainda assim, prefiras fazer desporto sozinha, porque não arranjar um parceiro para te motivar. Pede à tua família, amigos, namorado que te apoiem. Que te chamem a atenção quando estás há 3 dias sem treinar. Que festejem quando fizeres os primeiros 2km. Que valorizem as pequenas conquistas e te espicacem para novas. Às vezes é tudo o que precisamos.

A todos os que vão começar a treinar (seja no que for) boa sorte, bom trabalho e bons resultados. Espero que isto ajude - especialmente nos dias em que estiverem desmotivados -.

8 comentários:

  1. Concordo em tudo! E o parceiro de treino ajuda imenso, a meu ver, mas não tenho nenhum -.-

    ResponderEliminar
  2. Tenho mais uma a acrescentar: nunca te compares com os outros. Não importa se a tua amiga corre mais, o que importa é veres a forma como tu melhoras de dia para dia. A tua única competição é com a pessoa que foste ontem! Adorei, Inês :)

    ResponderEliminar
  3. Concordo com tudo! Temos sempre de ter isso em mente!
    Beijinhos :)
    http://those-colorful-words.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Adorei as dicas, e concordo plenamente! Eu não pratico assim nenhum desporto em particular, mas gosto bastante de ter as aulas de educação física duas vezes por semana, já é alguma coisa e dá para distrair do mundo :)

    ResponderEliminar
  5. Faço desporto principalmente por diversão, posteriormente descobri que também me alivia o stress. :)

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)