terça-feira, 25 de agosto de 2015

PASSAPORTE || Convento dos Capuchos

Fotografia da minha autoria, por favor, não a utilizar sem autorização prévia

Já quase estão calcorreados todos os pontos principais de Sintra mas ainda faltava um, menos famoso mas também giro de visitar: o Convento dos Capuchos.
Escolhemos a manhã para visitar e aviso-vos que é um passeio curto por lá. É uma zona da Serra pequena e que se vê com extrema facilidade e rapidez. Ainda assim, vale a pena subir as escadinhas adornadas pela paisagem e observar todos os detalhes do convento, desde os corredores tão apertados, as portas tão baixas que fazem lembrar as entradas do Imaginarium e ver as divisões e compartimentos com os devidos acessórios, desde os quartos ao refeitório (que o Diogo disse prontamente que era um Spa, na brincadeira, por causa da mesa de pedra que era mesmo muito baixinha e mais parecia uma maca de massagem), biblioteca, cozinha... Acompanhado de um espaço exterior de fazer babar com a vegetação, uma fonte que é a imagem de marca do local, uma gruta com um miradouro de fazer babar e imensos caminhos alados de árvores gigantescas que fazem cortinados de folhas e nos fazem sentir num bosque encantado.

Fotografia da minha autoria, por favor, não a utilizar sem autorização prévia
Fotografia da minha autoria, por favor, não a utilizar sem autorização prévia
Fotografia da minha autoria, por favor, não a utilizar sem autorização prévia
Fotografia da minha autoria, por favor, não a utilizar sem autorização prévia
Fotografia da minha autoria, por favor, não a utilizar sem autorização prévia


O bilhete custa 7 euros e faz todo o sentido que o visitem. Não é uma prioridade, mas não deixem de ir!

4 comentários:

  1. Nunca aí estive mas também existe um convento dos capuchos perto da costa da Caparica! :)

    ResponderEliminar
  2. Falando por mim, acho triste (e ridiculo) os jovens terem que pagar tanto dinheiro para visitar pontos turisticos. Não digo que 7 euros seja caro, mas a somar todas as entradas pagas, só na vila de sintra e arredores, fica demasiado caro. Já visitei montes de coisas interessantes lá fora e 80% eram grátis até aos 26...uma pessoa chega ao nosso país não pode ver nada sem contar os tostões primeiro...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens razão, eu experienciei o mesmo. Por outro lado eu não quero que isso seja um entrave para conhecer melhor os meus cantinhos do país e vou sempre aproveitando os bilhetes combinados, as happy hours, etc. É caro, sim, mas é bem gasto. Saio mais rica, na maior parte das vezes! :)

      Eliminar
  3. Não conhecia mas fiquei cheio de vontade de visitar o Convento. As fotografias ficaram óptimas e o sítio parece ser lindíssimo :)

    Ricardo, The Ghostly Walker.

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)