domingo, 10 de maio de 2015

És linda porque não existe mais ninguém neste planeta igual a ti. Lembra-te disso. Ninguém.


«(...) Identifico-me bastante contigo pois, tal como tu, também tenho imensas inseguranças e o problema da comparação. Queria-te perguntar como tens lidado com isso agora (pelo facto de teres namorado) e se tens conselhos para me dar nesse campo.»


Isto é um bocado difícil de responder porque também eu luto todos os dias por me ver como uma boa pessoa e uma pessoa melhor. Por isso, se algum conselho eu tenho de te dar é que eu trabalho todos os dias por mim. Tento enxergar todos os dias alguma qualidade ou boa acção que tenha feito e amealho isso na minha auto-estima. É certo que tenho namorado e que é incansável em todos os dias me ajudar nesta tarefa, mas eu não lhe deixo o trabalho todo só para ele, tal como em qualquer relação amorosa não podemos deixar apenas uma pessoa puxar o barco. Para tudo, e para elevarmos a auto-estima de quem mais gostamos também. Eu não posso permitir que ele tenha de gastar o seu latim todos os dias para tentar fazer-me ver o melhor de mim só porque eu não tenho pachorra nem coragem para fazer. Isso chama-se vaidade e bajulação e até mesmo cobardia connosco próprios e eu detesto ser bajulada. Por isso, oiço as suas palavras, que me enchem o coração e me deixam literalmente de lágrimas nos olhos, na sua voz calma e com o olhar certeiro para mim e, ainda que não consiga reconhecer sempre aquilo que ele me diz, eu tento olhar-me ao espelho com respeito por mim, porque mereço. Porque sei que mereço respeito por mim própria para o ter dos outros. 

Eu sei que não sou nem lá perto de gira ou de fazer as ruas pararem, que não tenho tiques nem comportamentos muito femininos, que detesto profundamente maquilhagem e que sou refilona, com mau feitio. Mas ainda estávamos a começar a namorar e ele viu-me altamente doente e inchada, febril e de olhos ramelosos e não saiu de perto de mim, fez-me milhentos cafunés, deu-me imensos beijos e ainda disse que era "linda". Ele já me viu de manhã, com olhos inchados e chineses de sono e mesmo assim não deixa de me abraçar e perguntar se quero os cereais com leite "quentinho" ou frio. Já me viu com uma espuma gigantesca de pasta de dentes na boca e no queixo, porque eu sou super javarda a lavar os dentes e ainda assim, apesar de rir, deu-me um beijo na bochecha. Já me viu stressada a minutos de apresentações e testes, no meu típico stress demoníaco e não saiu do meu lado nem de me transmitir palavras de confiança, de me lembrar por que é que era capaz de fazer aquilo. Eu raramente uso saias e levo o cabelo para a rua tal e qual ele saiu da cama e ainda assim, ele dá-me a mão orgulhoso na rua e diz "és tão bonita". E, aqui repito-me: eu sei que não sou nem lá perto de gira, mas sei que aos seus olhos eu tenho de ser porque é genuíno na forma como se comporta comigo. E se eu acredito em tanta coisa que me diz, porque não acreditar em mim mesma também. Sei que tenho os sentimentos mais bonitos do mundo para ele e para muitas outras pessoas que estimo. Sei que ele adora rir comigo e que vive para as minhas festinhas no seu cabelo. Eu não sou uma aspirante a modelo mas eu cuido dos outros e faço por estimar e valorizar a pessoa de quem mais gosto. Isso não é bonito e digno de valorizar (muito) também (mais ainda que a beleza física)? E então, eu olho-me ao espelho, vejo as minhas olheiras (como todos os outros viram), as partes do corpo que menos gosto (que todos os outros também podem ver) mas sei que cuidei, tratei bem e me senti bonita ao lado de quem mais adoro. E durmo com a sensação de que, sim, eu fui uma pessoa muito melhor hoje. E que vou melhorar ainda mais amanhã.

Não deixes de acreditar na pessoa que és e verás que quem quer que te calhe ao lado só irá ajudar-te a cumprir da melhor forma esse trabalho. Reconhece que mereces tudo de bom da vida, que mereces boas pessoas do teu lado e, mais tarde ou mais cedo, elas aparecem e melhoram a tua auto-estima ainda mais. Mas sozinha ou acompanhada, a luta é tua. Força!


8 comentários:

  1. Energia positiva. Pensamento positivo. Gostarmos de nós como somos e lutarmos para melhorar, sempre :)

    ResponderEliminar
  2. Este texto é tão lindo. Escreves tão bem, Inês. Passaste uma mensagem muito positiva e, embora não tenha sido eu a fazer essa pergunta, precisava de ler um texto assim. Obrigada. (:

    ResponderEliminar
  3. Que texto tão bonito, e que disparate! És super gira!

    ResponderEliminar
  4. Um texto que devia ser lido por muita gente! :)

    ResponderEliminar
  5. Nunca mais vim à blogosfera e hoje quando passo por cá, deparo-me com um texto de resposta a um problema que me tem perseguido nos últimos tempos. Estava mesmo a precisar de ler algo assim, encorajador. Obrigada por este "acaso"!

    ResponderEliminar
  6. Este texto está maravilhoso! Devia ser lido pelos olhos do mundo!

    ResponderEliminar
  7. Fizeste com que surgissem umas pequenas lágrimas nos meus olhos. Obrigada, Inês! És uma inspiração tipo todos os dias.

    ResponderEliminar
  8. Adorei o texto Inês! És maravilhosa!

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)