sábado, 28 de março de 2015


No ano passado descobri uma praia magnífica. Era de difícil acesso, não tinha um caminho definido e por isso quando cheguei ao areal era como se estivesse numa ilha virgem. A praia deserta, a água tão cristalina como se estivesse nas caraíbas e nem uma vivalma. Não era, obviamente, uma praia vigiada mas eu apaixonei-me de tal forma por ela que passei o Verão inteiro a sonhar com o dia em que ia lá voltar. Mas tal não se proporcionou.

Este ano tenho esperanças acrescidas de que lá irei voltar, espero não me desiludir, mas também só as tenho porque também sei que este ano tenho mais factores que ajudam nessa probabilidade. Não vale a pena perguntarem-me onde é, eu nem aos meus amigos digo. Eu gosto mesmo de olhar para a esquerda e para a direita e ver a completa ausência humana e quero aproveitar o máximo possível essa dádiva de não ter de dividir esta maravilha com ninguém. Só levo lá alguém mesmo especial. Até lá, vou fingir que é a minha praia, que ergue pequeníssimas ondas azuis só para me ver sorrir (uma garota pode sonhar).

8 comentários:

  1. Condução a alta velocidade, frequentadora de praias não vigiadas, ..., claramente que não és uma boa companhia. ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ganhaste o prémio de melhor comentário 2015, eu nem sei o que vem aí nos próximos meses mas dou-te a taça só pela minha gargalhada

      Eliminar
  2. Há uns anos descobri, graças ao geocaching, uma praia que não tinha quase ninguém. Chegar lá é super difícil mas valia a pena. Há dois verões atrás decidi levar lá os meus pais, porque não me calava com a praia, e qual não é o meu espanto quando a praia estava cheia. Cheia mesmo. Nunca mais tive vontade de lá ir... Aproveita bem o teu pequeno paraíso privado ;)

    ResponderEliminar
  3. Quero um sítio desses só para mim! :p

    ResponderEliminar
  4. Fazes bem guardar esse tesouro só para ti :)*

    ResponderEliminar
  5. Segredos desses são para guardar bem guardadinhos.

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)