sexta-feira, 27 de março de 2015

As minhas cobaias!


Em Dezembro fiz um plano alimentar para a minha tia e para a minha mãe, mais no sentido de treinar os cálculos e quantidades do que outra coisa, com o objectivo de, em primeiro lugar, colocá-las no peso desejável (não foi muito difícil porque elas já são bem magras) mas para tirar aqueles excessos típicos da idade e que as mulheres se ressentem mais - especialmente na zona abdominal -. Ou seja, para deixá-las "sequinhas" e depois outro para manterem o seu peso ideal mas com os seus pecados favoritos.

Estamos em Março e volta e meia vou fazendo algumas medições e estou super orgulhosa, especialmente porque hoje ambas foram ao médico mostrar as análises de rotina e o médico só lhes teceu elogios, o quadro estava fantástico! E consegui colmatar um erro fatal na minha mãe que era a pouca frequência com que bebia água (ela até me agradeceu não ter de ouvir mais um raspanete do médico). Dois planos diferentes, pesos diferentes, pessoas diferentes, idades diferentes mas com o mesmo sucesso. É tão bom ver resultados reais e sentir que algo está a fazer sentido! Agora o próximo é o meu pai, que vai ser um desafio, dado que ele é maratonista e quero que ele esteja saudável mas sem muito peso para as articulações e as pernas não sofrerem (sabiam que quando correm, cada uma das vossas pernas suporta o triplo do vosso peso?)

Estava tão reticente em passar do papel para o real quando mo pediram, mas também não vou negar que sabe muito bem quando alguma amiga da minha mãe diz que ela está ainda mais elegante e ela aponta para mim dizendo "É a minha nutricionista de família!"

15 comentários:

  1. Tão bom ver o teu esforço e conhecimento a dar frutos :) deves ter ficado toda orgulhosa, tal como elas! Continua com essa paixão pelo que fazes!

    ResponderEliminar
  2. Não percebo, no outro post disseste que te estavas a afastar de clínica... E como é que consegues fazê-las perder/manter peso com "pecados"?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nutrição não tem só clínica, Anónimo, há mais áreas para eu explorar e interessar-me, era isso que queria dizer :)
      Como é que consigo fazê-lo? Por alguma razão tenho de tirar uma licenciatura, não inventamos porções e alimentos do nada ahahah

      Eliminar
  3. Tens que fazer um para mim...ando a precisar. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todos os dias como bolachas, mas não ache que isso seja um problema. :)

      Eliminar
    2. Pois tenho e nem quero imaginar o que a menina do supermercado (onde as compro 99% das vezes) deve achar da minha pessoa...

      Eliminar
  4. Isso é muito bom, dou-te os parabéns por isso! Daqui a alguns anos talvez sejas a nutricionista da blogosfera :)

    ResponderEliminar
  5. Que bom!
    Se quiseres também me voluntario para cobaia :p já fizeste planos para pessoas com distúrbios alimentares? I volunteer ahah

    ResponderEliminar
  6. uau parabéns :) vais ver que também vais ter sucesso com o plano do teu pai!

    ResponderEliminar
  7. Que bom Inês :) Acredito que o grau de satisfação é muito maior quando se vê o sucesso de um trabalho, que neste caso foi muito bem feito :)

    ResponderEliminar
  8. Parabéns! É smp bom ver que temos sucesso!

    ResponderEliminar
  9. Isso é tão bom! Também não me importava nada de ser tua cobaia! ;)

    ResponderEliminar
  10. Desde que entrei no ginásio que estou à espera do meu plano alimentar. Vamos lá ver se começo o mês de Abril com directrizes :) Tenho mesmo de perder esta barriga.

    ResponderEliminar
  11. Muitos parabéns minha querida! Muito sucesso que tu mereces!

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)