domingo, 21 de dezembro de 2014

Últimos e inesperados adeus.


Hoje uma amiga minha contou-me que ia morrendo num acidente de carro e eu fiquei em choque. O carro capotou perto de uma falésia e por pouco não se despenhou. Ela saiu de lá sem um arranhão mas com a cabeça cheia de mil e um pensamentos, em especial, das pessoas com quem nunca mais se iria poder despedir.

E isso fez-me logo pensar também na quantidade de vezes em que nos despedimos das pessoas sem sequer sabermos que é o último adeus. Ou quando deixamos de falar com alguém por orgulho, pensando que essa pessoa será eterna e que nunca irá partir. E corremos o risco que ela parta e nós nunca iremos arriscar falar com ela de novo porque o orgulho falou mais alto.

Hoje pensei nisso. Temos a mania de dizermos que nas relações há o hábito de tomar as pessoas como garantidas mas há algo pior: nós tomamos as vidas de todas as pessoas como garantidas. Achando que vai haver sempre um novo e melhor "olá". Que pode nunca mais haver.

Arrepiante, mas verdade.

7 comentários:

  1. Tens toda a razão nós temos a triste ideia de que temos controlo na nossa vida... mas estamos à merce das coisas. De um carro e que não para, de uma arvore que cai, de doenças más... há sempre algo ao virar da esquina

    ResponderEliminar
  2. A verdade é essa mesma! Tu nunca sabes quando é que será o último adeus...

    ResponderEliminar
  3. É muito verdade e tive uma situação do género a algum tempo. É como se nos sentissemos culpados.

    ResponderEliminar
  4. É mesmo verdade. Nunca se sabe se vamos voltar a ver determinada pessoa mas também há muitos que se esquecem disso, se esquecem de passar bons momentos e se esquecem, acima de tudo, de dizer o quanto gostam das pessoas .

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)