sexta-feira, 14 de novembro de 2014

PASSAPORTE || Barcelona 2014

Park Güell

Antes de começar este post peço-vos que, se quiserem utilizar as minhas fotografias, quer do blog - da minha autoria - ou do Instagram, peçam permissão em primeiro lugar e creditem-nas. Acima de tudo, é uma demonstração de respeito para com quem estão a partilhar o seu trabalho. Muito obrigada :)

Finalmente consegui ter algum tempo para vos falar desta viagem e para vos mostrar algumas fotos da máquina (apesar de não ter tempo para as enquadrar e endireitar, enfim, vida académica). Isto porque eu não fui sozinha nesta viagem: levei comigo Patologia e Toxicologia para me acompanharem.

Barcelona é uma cidade universitária gigantesca, é a minha conclusão. Um cidade jovem, muito jovem, enérgica, colorida. O seu verdadeiro destaque é a arquitectura: não há dois prédios com fachadas iguais e não se baseia aos aborrecidos arranha céus espelhados - embora ainda os haja -. Há detalhe e primazia em cada porta, cada varanda, cada janela, o que nos faz explorar a cidade de olhos abertos para não perdermos um só detalhe. Estamos sempre acompanhados por árvores ao longo do passeio - uma tradição espanhola que me faz lembrar as fantásticas laranjeiras de Sevilha - e de moda. Acho que nunca vi tantas Zara's juntas na minha curta vida. Em cada esquina. Zara ou Desigual. Fora a Apple Store gigante de quatro andares que o meu namorado implorou para que fotografasse todo o interior para se babar no ecrã (os rapazes e a tecnologia, deixemo-los).

É uma metrópole que tem tudo, desde praia, montanha, cidade e realmente não dá para ver tudo em quatro, cinco dias. É uma cidade que vale a pena ser explorada ao longo do tempo porque há sempre sítios novos para descobrir, parques para desfrutar, museus para apreciar. 

Vi o maravilhoso mosaico do Lagarto no Park Güell, achei fantástico que a Sagrada Família não seja "pesada" a nível religioso sem que não faltem os verdadeiros elementos e pilares da fé, a inspiração cigana de Gaudí (o criador de quase todos os lugares que nos fazem querer passear por Barcelona) visível na Casa Batlló (ainda me estou a decidir na discussão Os Parapeitos das Janelas são Gatos ou Caveiras?) e La Pedrera e muitas outras atracções urbanas que mereceram a nossa atenção, discussão e fotografia.

Sem deixar de matar saudades da Paella que tanto adoro e das tapas achei a cidade ridiculamente cara e não me senti segura como aconteceu noutras cidades em Espanha. Muitos carteiristas, muitas pessoas a roçarem-se no meu ombro, muito chamariz. O meu conselho é que quando estiverem a passear estejam atentos às malas e com as mãos sempre nos bolsos.

Continuo a ter Sevilha como a minha cidade espanhola de eleição mas o meu coração derreteu-se pela beleza de Barcelona. Uma cidade incrível, cheia de cor, entusiasmo e vida. Um bom destino de Erasmus.

Se me acompanham no Instagram já podem ter visto algumas das fotos que lá coloquei mas aqui deixo mais umas






















9 comentários:

  1. Que lindas fotos Inn, e que lindo relato! (: Uma cidade perto de nós que tem muito que se lhe diga!
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  2. Nunca fui a Barcelona, adorei as bancas de comida :)

    ResponderEliminar
  3. Agora fiquei cheia de vontade de ir a Barcelona :(

    ResponderEliminar
  4. Adorei as fotografias :) Nunca lá fui, mas gostava de ir!

    ResponderEliminar
  5. a primeira foto é tua inês? está linda linda, um verdadeiro postal!

    ResponderEliminar
  6. Só me falta Madrid e Barcelona e mais uma terriolas para conhecer Espanha de uma ponta á outra. É ma cidade que estou ansiosa para visitar!

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)