sexta-feira, 17 de outubro de 2014

ISTO É TÃO INÊS || Olá 20!


Ontem foi a concretização dos meus 20 anos (ou "20 aninhos" como todos os meus amigos - mais velhos que eu - me iam dizendo, com abraços e beijinhos) e, se a sinceridade me permite, aquela luz inspiradora e iluminadora que esperava - e todos esperamos - abater quando fazemos 18 anos só apareceu agora. Talvez seja só uma coisa minha (eu até nem desgosto de dizer que tenho 20 anos, apesar de ser estranho abandonar o 1 antes do bolo e os "dezzz....") ou talvez seja efeito de tantas pessoas me dizerem "agora és uma mulherzinha" mas à falta de resoluções de aniversário nestas duas décadas de vida, decidi fazer algumas.

A começar porque tive vivi vinte anos incrivelmente bons e intensos em que os dez primeiros foram de descoberta de que existo e os outros dez a tentar identificar-me neste mundo. E é com alguma curiosidade que vou observando que já existem Coisas de Inês, coisas minhas, que criei, que desenvolvi e que me identificam, deixam imagem de marca.

Quero melhorar muitas coisas em mim e limar arestas, mesmo estando eu longe da perfeição. Quero "encher" menos acerca das coisas que me deixam menos feliz e ter a honestidade e coragem de não as guardar mas sim clarificá-las logo. Quero melhorar o meu humor e feitio, que nem sempre é fácil. Quero deixar de ser tão ingénua e tão Anne Frank ao ponto de pensar que toda a gente faz as coisas pelo bem e que há algo de bom dentro de toda a gente. Deixar de ser tão anjinha nesse aspecto. Mas também quero manter muitas coisas comigo.

Quero manter o meu ar palhacinho, desprovido de seriedade no dia-a-dia (mesmo que as pessoas, quando me vêem na rua, digam que eu sou muito séria), quero manter o meu espírito positivo, a minha ambição equilibrada, que não precisa de pisar os outros para lá chegar, a minha flexibilidade e capacidade de me adaptar a pessoas diferentes e personalidades diferentes. A minha gargalhada e capacidade de perdoar, ainda que amue com frequência. Quero ser mais simplista e receber de braços abertos que de braços abertos se está a dar para mim e ser fiel a mim própria. Saber o que fiz, o que faço e o que quero. Como sou e ter plena consciência de que dou o melhor de mim às pessoas de quem mais gosto. Manter em bom porto quem do meu lado se quer manter e despedir sem rancor quem se vai embora.

Agora as minhas próximas duas décadas só serão aos 40. E quero viver ao máximo, com a maior plenitude. E se puder manter as minhas pessoas nestes anos todos, como até agora tenho vindo a fazer, tanto mais agradeço!


PS.: Adorei as vossas mensagens de parabéns! Obrigada de novo!!!

11 comentários:

  1. Parabéns atrasados! Espero que tudo esteja a correr bem e vais ver, vais continuar a ser como és!

    ResponderEliminar
  2. Parabéns :)
    Eu ainda vou chegar aos 18...
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  3. Devo ser a pessoa mais desastrada, desnaturada à face da terra. Peço desculpa, Inn mas aqui vai os meus parabéns, bastante atrasados :)
    Beijos :*

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)