domingo, 14 de setembro de 2014

NUTRIÇÃO || Auto-estima e perda de peso têm de estar ligados?


Um dos maiores erros que as pessoas cometem quando querem perder peso é criarem esta ilusão de que a auto-estima e o peso têm de estar obrigatoriamente interligados, entrelaçados e que um não vive sem o outro. É por isso que tanta gente desiste ou que ganha distúrbios.

A auto-estima em nada tem de estar ligada com o peso e a partir do momento em que conseguem ter auto-estima independente de factores, esse é o momento em que finalmente quebram a corrente e é aí que qualquer dieta ou esforço dão resultados.

Uma mulher pode ter auto-estima e também perfeita consciência de que não está no seu peso ideal. E pode perfeitamente esforçar-se por atingir então esse peso ideal sem que isso lhe custe a auto-estima.

São jogos psicológicos e mentais mas isto serve para tudo na vida. Enquanto depositarmos com fé a nossa auto-estima em outros factores que não nós mesmos - como em coisas, pessoas ou ideias - vamos estar sempre com a nossa felicidade e confiança em cheque dos ventos.



Este é um dos desafios que mais quero trabalhar na minha área.

5 comentários:

  1. Sem dúvida. A nossa felicidade e o facto de nos sentirmos realizados não podem depender doutras coisas...!

    ResponderEliminar
  2. Acho que até tenho uma auto-estima elevada e estou bem comigo própria apesar dos quilos que tenho a mais. O excesso de peso só me chateia porque não é bem essa a imagem que quero, já a tive, e por desleixo deixei de ter, quero usar algumas roupas e não uso porque não me sinto bem mas considero-me uma rapariga bonita e bem comigo mas reconheço que é um processo bastante difícil para algumas pessoas e que pode ter consequências bastante graves.

    ResponderEliminar
  3. Eu conheço tanta gente que se aceita como é independentemente de ser gorda ou magra...
    r: Eu já ouvi histórias de amigos um "bocado" más, coisas como serem maltratados psicologicamente meses a fio, serem impedidos de ir às aulas por parte dos mais velhos...E como se deve imaginar coisas dessas não são fáceis, muito menos quando se está longe de casa. E eu começo a preocupar-me com este tipo de coisas...Uma das minhas opções é Coimbra, e lá é o sitio mãe das praxes, bem tenho receio e ainda falta, mas é como eu disse no post, gosto de saber as variadas experiências, porque também ha gente que adora mesmo!

    ResponderEliminar
  4. Sê minha nutricionista, por favor! Infelizmente não sou assim. Intencionalmente crio muito essa ligação e noto que quando perco peso me sinto muito melhor. Isso também se deve relacionar com o facto de eu ser muito bipolar, não sei. Mas a verdade é que tens razão e vou ter de melhorar isso :)
    Obrigada, Inês!

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)