segunda-feira, 11 de agosto de 2014

MUNDO || Vamos para a Suiça!


No sistema de educação Suíço, até ao nono ano dividem os estudantes em três classes A, B e C que correspondem, respectivamente, a Bons Alunos, Alunos Medianos e Maus Alunos. Consoante a média do aluno ao longo do percurso escolar, vai subindo de classe (ou descendo). No final do 9º ano têm estágios com empresas desde informática, administração, enfermagem ou até direito e, para cada classe, há um leque de estágios. Isto é, um aluno de classe C não se pode candidatar a um estágio de classe A. E sim, os estágios são remunerados. Muito bem remunerados.

De uma forma básica, é só para vos dizer que há miúdos de 14 anos a receber salários bem gordinhos enquanto nós andamos aqui na Faculdade a brincar aos doutores e a sangrar a carteira com propinas. Shh, shh, ouviram isto? É o som das gargalhadas deles. Vamos apreciá-las.

Estou a brincar com a situação, ainda assim, acho muito elitista. Destroem o sonho de um aluno de classe C, com 14 anos, que nem deve saber o que quer fazer da vida. É abrupto. É um completo descrédito das capacidades a longo prazo de um aluno, a meu parecer.
Ainda assim gosto muito do sistema de educação deles. Há uma disciplina para tarefas domésticas, onde meninas E MENINOS aprendem a passar a roupa, cozinhar, coser e a lidar com uma casa. Eu iria chamar esta disciplina de Desenmerda-te. E acho-a muito necessária cá em Portugal, para ser sincera.

Sempre me ensinaram que é importante termos um sentido humorístico sobre nós próprios. Se isto não é o maior gozo na nossa cara, eu desconheço melhor sentido que este.


[Todos os factos que estou a partilhar com vocês neste post provém de um testemunho de uma grande amiga minha que reside na Suiça. Tive acesso até aos documentos de estágio e fiquei abismada com os benefícios.]

9 comentários:

  1. Quando comecei a ler o texto ia comentar exactamente o que referiste: as elites. Um miudo de 13 ou 14 anos tem muito que aprender e não deve ser imediatamente condenado até porque não faz sentido... É a falha que encontro. Quanto às disciplinas sobre atitudes domesticas mais práticas, acho essencial e uma maravilha que existe em muitos países. Portugal também devia apostar nessas coisas, pelo menos no ensino básico. Já que há formação cívica, estudo acompanhado e coisas que tais, podia muito bem haver algo do género também :)

    ResponderEliminar
  2. E nós é que somos os burros, essa é que é essa!

    ResponderEliminar
  3. Também achei esse sistema demasiado elitista, mas a disciplina do «desenmerda-te» parece-me muito bem! xD
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  4. Não pude deixar de me rir a ler este textos... Até porque é triste ver que Portugal não aposta em coisas como estas! A disciplina do "desenmerda-te" era qualquer coisa e adoreeeei! ahaha O meu pai está a trabalhar na Suiça e lá está a receber abono por mim e pela minha irmã... Coisa que cá nunca tive direito. Esse mesmo abono que recebe é cada vez maior quanto mais avançarmos nos estudos... Ou seja eu que estou no mestrado estou a receber muito mais de abono que a minha irmã que está na secundária. O que é óptimo tendo em conta as despesas que temos em propinas... A vida na Suiça parece outro mundo e um mundo melhor!

    ResponderEliminar
  5. Tive uma colega neste primeiro ano da universidade que tem os pais e a irmã a morar na Suiça, e ela também me falou um pouco disto. O facto de se ter logo contacto com o mundo do trabalho é ótimo, e é isso que muita gente aqui em Portugal precisava: arregaçar as mangas e trabalhar!

    ResponderEliminar
  6. Não concordo com esse sistema de os "inteligentes" para um lado e os "burrinhos" para o outro. Sou completamente contra e não apoio. Talvez por eu ter sido sempre uma aluna com dificuldades na aprendizagem e, que nem por isso, deixei de seguir o que queria. Aprendemos todos uns com os outros e esse sistema faz com que sejam criadas diferenças entre os alunos.
    Quando ao resto das tarefas domésticas, acho bem que criem essa "disciplina" nas nossas escolas.

    ResponderEliminar
  7. Agora fiquei chocada, realmente deviam adotar em Portugal algumas coisas parecidas!

    ResponderEliminar
  8. no 9º ano eles fazem estágio mas para "testarem" alguma profissão, para a seguirem no equivalente ao nosso secundário ou até num curso superior. Acho que faz todo o sentido, já nós, em Portugal, no 9º ano temos que escolher uma vertente que desconhecemos completamente se é realmente aquilo que queremos. Acho o sistema Suiço completamente completo e sou totalmente a favor :)

    ResponderEliminar
  9. Na Suécia os alunos também têm uma disciplina de tarefas domésticas na escola. Acho muito bem.

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)