quarta-feira, 30 de julho de 2014

DESPORTO || Treinar a Sede


Em Novembro do ano passado fui jogar com a minha equipa para o pavilhão da equipa que nos íamos defrontar mas, como chegámos cedo, acabámos por apanhar o treino que ainda estava a decorrer com miúdas (máximo 14/15 anos). O nome do clube não interessa. 
O treino foi intenso e duro e nós próprias tínhamos pena das miúdas que penavam. Umas já nem conseguiam correr. Mas faz parte. O que não faz parte foi, quando elas foram dispensadas e começaram a caminhar para os seus bebedouros e garrafas de água o treinador gritar "Não há água para ninguém! Isto é um deserto! Continuem a andar!"

Imediatamente saí de perto da minha equipa e perguntei ao adjunto há quanto tempo as miúdas não bebiam água. Claro que fui mal recebida e ainda me perguntaram o que tinha a ver com isso. Mas percebi que não beberam durante o treino inteiro.

Este assunto perturbou-me durante estes meses todos até, no passado fim de semana, estar na praia e reparar que estava a decorrer uma prova de Ultra-Maratona. Ou seja, uma prova de 40km na praia. Os atletas passavam por nós mortos e acabados e um deles viu que estava a retirar uma garrafa de água da geleira. Perguntou-me imediatamente se podia ficar com ela e nem pensei duas vezes em oferecer-lha. Perguntei até se queria levar outra mas recusou, agradeceu e disse "Isto é ouro". Cinco minutos depois tinha uma mulher da organização (que vinha de 4x4) perguntar-me porque raio eu tinha dado água ao atleta. Fiquei atónita. "Ele reclamou ter sede, era o mínimo", respondi. E ela diz-me que não podia dar água aos atletas por esta ser uma prova de auto-suficiência. "Os atletas só podem beber água nas estações próprias. Têm de conseguir aguentar e treinar a sede".

Vamos esclarecer-nos: não se treina para ter sede e se os vossos treinadores, professores, PT's não vos dão a oportunidade de beber água a meio de um treino intenso, estão a querer matar-vos. Não há sede que possa ser treinada e podiam estar meses a tentar resistir a conseguir beber água a meio de um treino que isso não iria mudar. Sede é um estado fisiológico que não têm como fugir. Se a vossa hormona dá sinal de que têm de beber água, não há treino nenhum na vida que faça com que ela deixe de sinalizar, porque é para isso que ela serve: ligar quando tens sede. Desligar quando bebeste água. Ponto final.

Além de que beber água é dos pontos mais importantes, senão o mais importante do vosso treino: a água reequilibra a vossa hidratação (perdem muita água com o suor), a água equilibra a vossa temperatura (termoregulação) e ainda repõe electrólitos (que previne as cãibras). Sem água vocês estão sujeitos a um passe gratuito para se sentirem muito, muito mal.

Portanto, não há auto-suficiência aqui porque vocês não podem regular isto. Especialmente durante um exercício. E irrita-me estes fundamentalistas ridículos que metem miúdas de 15 anos a deitar os bofos sem poderem beber água durante uma hora e meia de treino e provas de 40 km com postos de 15km em 15km que ameaçam a desclassificação do atleta de for apanhado a beber água que não a dos postos (absurdo). Às vezes pergunto-me onde as pessoas desencantam estas teorias perigosíssimas e porque é que as levam em diante sem falarem com profissionais. Porque é que preferem que o atleta caia para o lado e se sinta mal desnecessariamente quando podia ter bebido água e evitado tamanho caos? Não percebo.

Por favor, bebam água nos vossos treinos e não treinem sede nenhuma. A sede não se treina. E se virem o vosso treinador ou o treinador de outra pessoa fazer isto, por favor, chamem a atenção. Distribuam águas mesmo que vos proíbam. A mudança tem de começar em nós e enquanto formos passivos e virmos estas coisas aconteceram a nossa evolução desportiva vai ficar para sempre estagnada. Tão estagnada como estavam as pobres miúdas depois de um treino daqueles. 

14 comentários:

  1. Não poderem beber durante um treino ou maratona? O quê? Isso é cruel.

    ResponderEliminar
  2. Acho mesmo um absurdo não darem água aos atletas se eles precisam.

    ResponderEliminar
  3. Concordo. A única coisa que sempre me disseram quando fiz desporto foi para não beber muita água de uma vez porque me poderia sentir mal. Mas não beber água at all???!! Nunca tinha visto e espero não ver

    ResponderEliminar
  4. Ao ridículo que as pessoas chegam. Não sabia que tal coisa acontecia sou sincera... sinceramente nem sei quem são os culpados, se são os treinadores ou os atletas que se deixam "domar" desta maneira!

    ResponderEliminar
  5. Isso é absolutamente ridículo e nunca presenciei tal coisa. A única indicação que sempre me deram foi não beber demasiada água duma só vez para não encher o estômago durante os treinos... Ir bebendo sim, é essencial!

    ResponderEliminar
  6. É completamente estúpido. A minha treinadora, com ginasta que foi, sabe o que é ter sede, e deixa-nos beber agua, menos quando ainda não acabamos o exercício, eu normalmente até levo o meu cantil muita giro vermelho com filtro e não bebo da torneira, e nos escuteiros levo sempre imensa agua, partilho com quem precisa, eu sinceramente não bebo muita água em raids 8caminhadas) Costumo ter calor, não sede, que são coisas diferentes, consigo fazer 20km num dia de verão e beber 3 golos de água. Mas isso sou eu. As federações deviam proibir tal tortura!

    ResponderEliminar
  7. Fiquei sem palavras. Já estive no ginásio e a treinadora era a primeira a mandar-nos ir beber água. Aliás, não nos deixava treinar se não parássemos pelo menos 2 vezes para beber água.
    Não consigo compreender quem pensa o contrário.

    ResponderEliminar
  8. E depois há também aquela tendência de todos os atletas da mesma forma. O organismo de cada pessoa varia muito e se uns podem passar bem durante x tempo sem água, há outros que não...

    ResponderEliminar
  9. Isto é completamente absurdo. Eu dava em doida, ainda por cima bebo imensa àgua durante o dia, imagino a fazer exercício ou assim. Isso cmg não ia ser nada bonito.

    ResponderEliminar
  10. Eu pratico karaté, e quando é um treino mais intenso (ou mesmo que não seja), o meu treinador faz sempre pausas para irmos beber água, é importante estarmos hidratados, isso é um absurdo...

    ResponderEliminar
  11. r: Sim, só tive essas xb mas são cadeiras com alguma carga horaria e somos obrigados a fazer tudo por avaliação continua... não temos aquela coisa de deixar umas para exame e fazer outras por frequência... :)

    ResponderEliminar
  12. r: eu acho que, se tivesse mais cadeiras, dava em maluca! É que isto de estar em Matemática faz com que tudo, ou quase tudo, seja prático, ou seja, se tivermos a cabeça cansada, não adianta nadinha andar a ver matéria, é mesmo perder tempo. Quando é teoria, sempre dá para ir fazendo alguns resumos (embora também não tenha o efeito desejado), mas prática é mesmo para esquecer...

    ResponderEliminar
  13. Não me venham cá com coisas de "a sede tem de se treinar" porque isso não se treina. Tens sede - bebes água. É mesmo assim - mesmo que estejas a fazer a ultra-maratona ou a correr 100 km, tens sede bebes água, simples. Acho isso uma estupidez...
    p.s. Segui (:

    ResponderEliminar
  14. Gostei muito da maneira como falaste do tema, pelo conhecimento que mostraste e pela vontade de mudar o que se passa!

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)