quinta-feira, 29 de maio de 2014

BOM GARFO || Café Saudade


Há duas coisas que aprecio muito nos meus amigos: a primeira é terem a capacidade de facilmente captarem os meus gostos e saberem se vou ou não gostar de determinadas coisas; A segunda é a capacidade que têm de me abstrair quando estou em baixo.
Hoje foi um dia que, sem eles, teria sido um pesadelo. Um teste cheio de injustiças onde vou chumbar (não porque não estudei mas porque fizeram perguntas das quais nem sequer deram nem em aulas nem em materiais, e eu não sou adivinha nem pouco tenho cara de Professor Mamadu, O Vidente) e fui para a cantina de lágrimas nos olhos de tamanha raiva, comum a todos.
É aí que entram os meus amigos. Ela pegou no carro e disse "Não vale a pena estarmos a deprimir por algo que já está feito, vamos a Sintra, quero mostrar-te um café que vai A-MAR!". E assim fomos, com Adele no volume máximo rumo a Sintra que, com este tempo tão Londrino, ficava ainda mais especial.

O café de que vos quero falar chama-se Saudade e não podia ter um nome mais adorável e belo. É, como ela me tinha prometido, um café feito para mim. Não é um café de mesas e cadeiras replicadas em mitoses continuas por toda a sala, tudo igual e impessoal, não. Era uma espécie de chalet com sofás - todos de diferentes formas, feitios e tamanhos - mesas de madeira com média luz, almofadas e andorinhas de loiça penduradas pela parede, pratos artesanais pendurados e janelas antigas com uma vista incrível que se via através das gotas de chuva. Resumindo: não era um café, é uma casa onde sabe bem estar.

Afogámos as tristezas numa caneca de chá gigante, travesseiros doces e quentinhos e torradas fumegantes enquanto conversámos sobre tudo e sobre nada, encolhidas nos sofás como se estivéssemos em casa. E soube tão bem.

É um lugar onde quero, certamente voltar porque vale tudo. Os preços são bastantes acessíveis e os travesseiros tinha uma qualidade Piriquita (algo que achei que fosse impossível, mas sim, têm). É um lugar que vale a pena visitar a qualquer altura e que devia estar na vossa lista de "must visit". Vão por mim, é como se estivessem a regressar a casa!

______________________________
Av. Dr. Miguel Bombarda, nº6, 2710-590
Sintra
Contacto: 212 428 804

4 comentários:

  1. Envia travesseiros para mim, já que não posso ir a esse sítio tão giro e acolhedor!

    ResponderEliminar
  2. Ai, travesseiros! Que saudades de ir a Sintra :)

    ResponderEliminar
  3. Amo o Saudade em Sintra. As sobremesas, as tostas, o ambiente, o típico e tradicional que está em cada canto. Assino por baixo, definitivamente!

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)